Em alta, Everton só ganhará folga no Grêmio no final de semana
capa

Em alta, Everton só ganhará folga no Grêmio no final de semana

Atacante será utilizado contra o Bahia, na Copa do Brasil, mas deverá ser desfalque diante do Vasco, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro

Por
Correio do Povo

Everton foi um dos destaques da Seleção Brasileira na Copa América

publicidade

O técnico Renato Portaluppi terá um reforço em nível de Seleção Brasileira. Everton se reapresentou ao Grêmio e, segundo ele mesmo, vai jogar contra o Bahia, amanhã. A partir de agora, o Tricolor deverá aproveitar ao máximo a presença de Everton, já que sua saída para a Europa é iminente. O atacante voltou entusiasmado da Copa América, tanto que já mobilizou o torcedor gremista para comparecer à Arena para apoiar o time na Copa do Brasil. Apesar de estar bem fisicamente, ele deve ganhar uma folga no final de semana, quando o Grêmio enfrenta o Vasco pelo Campeonato Brasileiro. 

Além de ter sido escolhido o melhor jogador da final da Copa América, o “Cebolinha” também terminou a competição como artilheiro, com três gols. “O mundo todo está comentando que ele pode sair. Tornou-se um jogador muito visado por causa de suas atuações. Na minha opinião, foi o melhor jogador do Brasil ao lado do Daniel Alves. Tem 22 anos, vem jogando há bastante tempo, chega uma hora que não tem como segurar”, diz o volante Maicon. 

E Everton realmente pode estar de saída do Grêmio. Nessa segunda-feira, o presidente Romildo Bolzan declarou que o clube fará "o maior negócio de todos os tempos". De acordo com o colunista do Correio do Povo Hiltor Mombach, especula-se que um importante empresário do ramo do futebol estaria embarcando para a Europa para fechar um negócio. Já um ex-dirigente gremista acha que o discurso de Bolzan aponta para uma negociação em andamento adiantado. O Grêmio só aceitar negociar os 50% dos quais tem direito por 40 milhões de euros. A multa rescisória foi estipulada no valor de 80 milhões de euros.