Em mais uma noite de Vizeu, Grêmio bate o Juventude por 3 a 0 e vai às quartas da Copa do Brasil
capa

Em mais uma noite de Vizeu, Grêmio bate o Juventude por 3 a 0 e vai às quartas da Copa do Brasil

Centroavante marcou duas vezes e colocou tricolor na próxima fase da competição

Por
Correio do Povo

Vizeu marcou dois gols e foi fundamental na classificação do Grêmio diante do Juventude

publicidade

Demorou, mas o Grêmio parece enfim ter encontrado seu centroavante titular. Em outra noite de Felipe Vizeu, o Grêmio bateu o Juventude pelo placar de 3 a 0, nesta quarta-feira, na Arena, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e garantiu a classificação à próxima fase.

Vizeu marcou dois gols na partida, ambos de cabeça. Um aos 40 minutos do primeiro tempo, e outro aos 24 da etapa final. O placar foi fechado por Diego Tardelli, aos 38 do segundo tempo. Antes, o Grêmio havia desperdiçado um pênalti marcado pelo VAR, em cobrança ruim de Jean Pyerre. Não fez falta, no entanto: o 3 a 0 classificou o Grêmio para as quartas de final da competição. Agora, o clube espera o sorteio para conhecer seu adversário.

O Grêmio concentra suas forças novamente no Campeonato Brasileiro. Após conseguir a primeira vitória, diante do Atlético-MG, busca manter a boa sequência, dessa vez fora de casa. No sábado, 1º de junho, enfrenta o Bahia, no Pituaçu, às 19h. 

VAR aparece, Grêmio perde pênalti, mas Vizeu salva 

O Grêmio começou o jogo com uma novidade. Enquanto falava-se em Pepê, Renato optou pela surpresa: Vico, que havia feito a última partida em fevereiro, pelo Gauchão, contra o Caxias. O jovem jogou pela direita, e o Grêmio foi postado com Michel e Maicon na linha de volantes, Everton pela esquerda e Jean Pyerre centralizado.

Nos momentos iniciais, o Grêmio ficou mais com a bola, mas não conseguia a infiltração. No entanto, quem finalizava era o Juventude: nos primeiros dez minutos, foram três conclusões da equipe da Serra, contra apenas uma pelo lado do Grêmio.  

Aos poucos, porém, o Grêmio passou a controlar as ações do jogo, imprimindo volume e chegando mais próximo da área. Aos 25 minutos, o domínio se reverteu na primeira grande oportunidade: após escanteio, a bola bateu no braço do volante João Paulo. Após consulta no VAR, o pênalti foi confirmado. Mas Jean Pyerre bateu mal. O meia não tomou muita distância, e goleiro Marcelo Carné pegou com o pé esquerdo. No rebote, a defesa afastou para escanteio. 

Quando o jogo parecia se encaminhar com igualdade no placar para o intervalo, foi Felipe Vizeu quem brilhou. Aos 40 minutos, Juninho Capixaba fez jogada pela esquerda e cruzou para o camisa 10. O atacante venceu o goleiro Carné, que saiu mal, e o defensor, para cabecear para o fundo do gol e levar o Tricolor em vantagem de 1 a 0 para o intervalo. 

Thaciano entra para servir os atacantes

Para o segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi optou por sacar a aposta, que não funcionou. Vico deixou o campo para a entrada de Pepê. Mas no início da segunda etapa, quem começou comandando as ações ofensivas foi o Juventude, que passou a trabalhar a bola no campo do Grêmio. Só que o time de Caxias pouco conseguia produzir para incomodar com perigo a defesa do Grêmio. 

E aí foi Felipe Vizeu quem voltou a brilhar. Aos 24 minutos, em jogada iniciada por Maicon, Thaciano cruzou na área, encobrindo o goleiro Carné. A bola encontrou o centroavante, que cabeceou na pequena área para ampliar o placar para o Tricolor. 

Já no fim do jogo, outra assistência de Thaciano. Ele recebeu bola de Léo Gomes, foi ao fundo e cruzou para Diego Tardelli. De joelho e sem goleiro, só complementou para o gol escancarado, para definir o placar em noite dos atacantes do Grêmio.  

Copa do Brasil 2019 - Oitavas de final 

Gremio 3
Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Rodriguez e Capixaba; Michel, Maicon, Vico (Pepê), Jean Pyerre (Thaciano) e Everton; Felipe Vizeu (Diego Tardelli). Técnico: Renato Portaluppi 

Juventude 0 
Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Sidimar e Eltinho; Moisés, João Paulo, Denner, Dalberto e Bruno Alves (Paulo Sérgio); Braian Rodríguez (Breno). Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Felipe Vizeu (40/1T; 24/2T) e Diego Tardelli (38/2T)
Cartões amarelos: Bruno Alves, João Paulo, Sidimar (Juventude); Maicon (Grêmio)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 21.649
Renda: R$ 575.779