Em seu retorno aos gramados, Kannemann se diz “mais novo” e deixa futuro no Grêmio em aberto

Em seu retorno aos gramados, Kannemann se diz “mais novo” e deixa futuro no Grêmio em aberto

Zagueiro não atuava desde o final do ano passado

Correio do Povo

"Hoje o clube precisa que eu esteja 100% focado", disse o jogador

publicidade

O título da Recopa Gaúcha teve um componente a mais: o retorno do ídolo Walter Kannemann. O zagueiro, que não atuava com a camisa do Grêmio desde o ano passado devido a uma cirurgia no quadril, concedeu entrevista na tarde desta quarta-feira, no CT Luiz Carvalho. No alto dos seus 31 anos, o argentino se disse “mais novo” após o procedimento e ainda respondeu a perguntas como a renovação do seu contrato com o Tricolor, que se encerra no final deste ano.

“Para mim é uma alegria voltar a jogar sem sentir dor e sofrer. Me sinto mais novo e poder pensar somente em como ajudar a equipe já é um ganho. Hoje o clube precisa que eu esteja 100% focado e é só isso que ocupa a minha cabeça neste momento” disse o jogador. “Se eu estou bem, o Grêmio vai estar bem. Claro que quero ficar aqui, mas depois temos que ver quais os caminhos que vamos seguir. Isso trataremos só mais para frente”, completou.

Veja Também

Não apenas pela entrega técnica, o retorno de Kannemann aos gramados passa também pela liderança no vestiário Tricolor, algo que vinha sendo tratado entre os dirigentes e os próprios jogadores no decorrer da Série B. A queda do ano passado também esteve em pauta. “Eu já falei sobre isso. Aconteceu e ponto. Não foi uma coisa só, foram várias coisas, mas isso está fechado. Temos que olhar para o próximo jogo e quem entrar em campo tem que dar o melhor de si. Teremos 30 jogos e 30 finais”, ressaltou.

O retorno do jogador, inclusive, foi comemorado pelo presidente Romildo Bolzan Júnior após a goleada diante do Glória, na terça. “É um jogador importantíssimo porque ele tem muito mais do que a imposição física e técnica. Ele tem uma imposição do ponto de vista da liderança. É importante que todos tenham noção do quanto ele representa porque, às vezes, muito mais do que um lance, ele tem a imposição de um exemplo importante para um momento como esse”, avaliou.

A vitória em Vacaria também serviu como chance para os jovens do elenco como Natã e Thiago Santos frente a Roger Machado. ”Está claro que o clube necessita deles (garotos). É uma oportunidade única para todo mundo. Tanto para os mais velhos continuarem em alto nível quanto para a garotada buscar seu lugar.Temos que estar juntos e temos que dar o máximo em campo”, avaliou o zagueiro.

O Grêmio volta a campo no domingo, às 16h, para enfrentar o Vila Nova, em Goiânia, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Tricolor é o sexto colocado, com 12 pontos.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895