Equipe feminina do Grêmio treina de forma remota

Equipe feminina do Grêmio treina de forma remota

CBF pretende retomar o Brasileirão Feminino no final de agosto

Por
Correio do Povo

As “gurias gremistas” têm como centro de treinamento o estádio Vieirão, em Gravataí


publicidade

A exemplo das equipes da base, que retomaram as atividades remotas nesta semana, o time feminino do Grêmio também voltou ao trabalho. A técnica Patrícia Gusmão e a preparadora física Karla Loureiro mantém contatos diários e em dois turnos com as atletas via videoconferência. Neste primeiro momento, o objetivo é possibilitar um mínimo de recondicionamento físico, já que as jogadoras estão paradas desde março por conta da paralisação do futebol. 

A CBF pretende retomar o Brasileirão Feminino no final de agosto. Os treinos presenciais deverão recomeçar no início do mês que vem. As “gurias gremistas” têm como centro de treinamento o estádio Vieirão, em Gravataí. O clube adotará um protocolo sanitário antes do retorno ao trabalho no local. 

Com a viagem da equipe profissional para Criciúma acontecendo na próxima segunda-feira, o Grêmio deverá oficializar a volta do time de transição aos treinamentos presenciais no CT Luiz Carvalho. E entre os jogadores que retornarão, estão o atacante Ferreira, que iniciou o ano fazendo parte do grupo principal. Porém, sem um acerto com a direção para renovar contrato, voltou para a transição. 


Outro destaque é o volante Victor Bobsin, de 20 anos, considerado uma joia das categorias de base do clube. Ele ainda não teve oportunidades no profissional, o que pode acontecer em breve. Bobsin tem despertado interesse de equipes europeias.