Evolução de Pepê é elogiada no Grêmio após mais um gol em Gre-Nal

Evolução de Pepê é elogiada no Grêmio após mais um gol em Gre-Nal

Renato Portaluppi comentou que pede mais tranquilidade ao jovem de 23 anos nas jogadas de área

Correio do Povo

Pepê marcou quatro dos últimos três gols do Tricolor

publicidade

Pepê assumiu a titularidade no Grêmio em 2020 com a missão de substituir Everton, vendido para o Benfica. Tomar a posição do selecionável poderia ser uma tarefa difícil, mas o garoto, como costuma se dizer "tem dado conta do recado". Nas três últimas partidas, ele marco três dos quatro gols feitos pelo Tricolor. E a boa atuação no clássico Gre-Nal que terminou em 1 a 1 neste sábado rendeu elogios do técnico Renato Portaluppi.

"Eu costumo lapidar todos os jogadores independente da posição, procuro mostrar o melhor caminho, tirar os defeitos, procurar mais qualidade e perfeicao neles. O Pepê é esse tipo de jogador, eu cobro bastante dele porque sei do potencial dele. Como eu cobrava do próprio Cebolinha, por isso a evolução muito grande eles", afirmou o treinador.

Atacante na época em que jogava, Renato disse que procura passar toda a sua experiência especialmente por isso. "Ele tem evoluído bastante e eu fico feliz", comentou, revelando o teor de algumas conversas que tem com o camisa 35. "Inclusive tenho cobrado bastante dele para ter mais tranquilidade dentro da área. Hoje, depois que fez o gol até me sacaneou, disse ’tá vendo minha tranquilidade?’ e respondi 'mas essa tranquilidade eu quero que voce tenha sempre'. Sempre falo que o desespero é do adversário, ali você tem que ter a tranquilidade para fazer a melhor jogada, o melhor cruzamento", ressaltou.

Para Renato, o caso de Pepê é um sucesso por conta do trabalho em conjunto feito pelas categorias de base, equipe de transição e equipe professional. " A evolução dos jogadores tem sido grande, principalmente daqueles que vêm da base. Ficamos muito feliz e continuamos esse trabalho. Não adianta você tirar um jogador da base, dar a camisa pra ele e colocar em campo. Tudo tem um processo, tem que corrigir o garoto, dar confiança e passar a soltar na hora certa. Isso a gente faz muito bem. A maior prova disso tem sido nos quatros últimos anos a quantidade de jogadores que a gente vem formando", analisou.

Assédio europeu

O jogador de 23 anos tem contrato com o Tricolor até 2021 e uma multa rescisória de 50 milhões de euros. Já está atraindo olhares de clubes europeus. Wolverhampton (ING), Atalanta (ITA) e Porto (POR) são clubes que monitoram e sondam a situação do jovem. "Fico muito feliz, porque você vê a quantidade de jogadores que a gente forma e vende. Acabamos de vender o Everton, logo em seguida colocamos o Pepê que está em evolução a cada partida, já sendo cobiçado pelos times europeus. O Grêmio, apesar da pandemia, nunca vai se apertar na parte financeira porque tem muitos jogadores para serem vendidos", comentou Renato sobre a questão.

"Falo bastante com o Pepê, procuro aconselhá-lo, até pela vivência que tenho, converso bastante com o presidente e a diretoria. Tem certas coisas que a gente conversa e fica aqui dentro. O importante é que ele está tranquilo. O grande sonho do jogador é jogar na Europa e mais cedo ou mais tarde isso vai acontecer com o Pepê", previu. "Agora já não passa a ser um problema para mim, mas um problema bom para o presidente e para a diretoria. É uma questão de hierarquia", completou.

Veja Também

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895