Felipão afirma que Grêmio não tem titulares e que preservará jogadores de acordo com a necessidade
patrocinado por

Felipão afirma que Grêmio não tem titulares e que preservará jogadores de acordo com a necessidade

Técnico revelou satisfação com o desempenho de Diego Souza e prevê a volta dos gols quando o time criar mais oportunidades

Correio do Povo

Felipão destacou a série de jogos que o Grêmio vem enfrentado e já projeta preservações para evitar lesões e desgastes físicos

publicidade

Felipão foi apresentado como técnico do Grêmio no dia 9 de julho e, desde então, já comandou a equipe em três partidas em oito dias. Incluindo uma viagem de 8,8 mil quilômetros de ida e volta a Quito para enfrentar a LDU. Sem tempo para treinar e com o extremo desgaste físico, o treinador alerta que não terá uma equipe com 11 jogadores que iniciarão os jogos e alerta que todos do elenco precisam estar preparados para serem utilizados a qualquer momento.

“Não tenho titulares. Tenho jogos em que eu programo algumas situações e o que pode acontecer com elas, para saber o que posso fazer ou não. Tenho uma situação programada para o jogo contra o Vitória (dia 27, pela Copa do Brasil, no Barradão). Então, preciso saber como os atletas se comportam no dia a dia para que possa colocar em prática. Ou evitar”, afirmou.

Apesar do pouco tempo no comando do grupo, Felipão diz que a alternativa para acertar o time é a conversa e vídeos de como quer que a equipe atue. Dependendo do adversário, o técnico fará modificações e não descarta utilizar até esquemas diferentes.

“O Rafinha não é titular, como o Vanderson não é titular, pois posso em determinadas situações colocar três zagueiros, que eu treino na parte tática, mas não tenho como treinar na parte técnica, pois não tenho tempo. Agora, na parte tática, tento colocar na cabeça dos jogadores como vamos fazer e vai indo devagar. Assim que tem que acontecer, e é isso que vamos fazer. Não tem titulares absolutos”, destacou. “Quem fez o gol foi o Pinares (contra o Fluminense) que não era titular em nenhuma partida. Entrou e deu a sua colaboração. A medida que for interessante, de acordo com o adversário, vou colocar aos poucos”.

Diego Souza

Felipão foi questionado sobre o desempenho do centroavante Diego Souza e destacou a importância do experiente jogador para o time dentro de campo. O atacante não marca há sete jogos. O último foi contra o Santos, no dia 24 de junho, na Arena.

“Ele foi um protagonista dentro da equipe (contra o Fluminense) e fazendo aquilo que precisa fazer. Tem um posicionamento que, muitas vezes, ele sacrifica a função dele para dar condições aos meias e a defesa de não sofrerem tanto. Ele está sendo muito útil. Sabe que conto com ele. Aos poucos, as chances vão aparecer e ele vai fazer os gols necessários para as nossas vitórias. Estou satisfeito com o que ele está apresentando. Vamos ver o que vai acontecer no futuro”, declarou.

Mesmo com o cartaz que tem com o comandante, Diego Souza deve ficar fora de algumas partidas para descansar. O atacante de 36 anos atuou em 29 dos 39 jogos do Grêmio na temporada. “Um ou outro jogo vamos deixá-lo em recuperação. Assim como outros”, afirmou.

O Grêmio treina neste domingo, às 15h30min, no Centro de Treinamentos presidente Luiz Carvalho. Na terça-feira, às 19h15min, o Tricolor recebe a LDU pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na ida, a equipe alternativa de Felipão venceu por 1 a 0.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895