Grêmio afasta Jean Pyerre, Paulo Miranda e mais cinco atletas para reta final do Brasileirão

Grêmio afasta Jean Pyerre, Paulo Miranda e mais cinco atletas para reta final do Brasileirão

Vice-presidente de futebol, Denis Abrahão, confirmou que jogadores não fazem mais parte dos planos nesta temporada

Correio do Povo

Meia não faz parte dos planos do clube, segundo Abrahão

publicidade

O Grêmio afastou sete jogadores para a reta final do Brasileirão e sua luta desesperada pela permanência na Série A. São eles: o meia Jean Pyerre, os laterais Leo Gomes e Guilherme Guedes, o zagueiro Paulo Miranda, e os atacantes Everton, Luiz Fernando e Leo Pereira. A informação foi confirmada pelo vice-presidente de futebol, Denis Abrahão, em entrevista coletiva nesta segunda-feira após reunião com o grupo de jogadores e a comissão técnica. 

"É verdade. Tivemos sete jogadores dispensados, digamos assim. Alguns de férias, uns machucados, outros já querendo sair. Jogadores já estavam com a cabeça em outro lugar, pensando nas férias. Com certeza a derrota da Bahia aflorou em mim situações que me constrangeram. Serei, como sempre, muito verdadeiro. Mesmo sendo o vice de futebol, eu assisto a todos jogos como torcedor. Na Bahia, eu sequer falei. Nem levantei da cadeira na primeira meia hora. Isso nunca tinha acontecido na minha vida de torcedor. Sou torcedor, estou vice de futebol", disse o dirigente. "Não que eles sejam culpados de alguma coisa. Todos somos culpados. Antes tarde do que mais tarde", acrescentou. 

Conforme Abrahão, os atletas não fazem parte dos planos dessa temporada, e, em alguns casos, até para o próximo ano eles correm o risco de não serem aproveitados. "Não fazem parte para essa temporada. O Leo Gomes está dois anos sem jogar futebol. Será que seria responsável em colocar ele nesses jogos? Um jogador vindo de quatro cirurgias. Seria desumano. O Luiz Fernando e o Everton pediram férias antecipadas. Isso foi me dito pelo Diego Cerri. O Guilherme Guedes está com problema de lesão, sempre no departamento médico. Volta no ano que vem. O Leo Pereira não é jogador do Grêmio. Temos que decidir se iremos optar pela compra. A príncipio, não. O Everton, o Paulo Miranda e o Jean Pyerre não estão nos planos para o próximo ano. Se o Jean mudar, até pode ser", pontuou. 

Ainda sobre o meia Jean Pyerre, que já chegou a viver bons momentos pelo clube, o cartola entende que se trata de um craque e admitiu sondagens pelo atleta, incluindo o Aláves, da Espanha, com uma proposta de empréstimo. "Ele tem tudo para ser um craque, mas não consegue se firmar. Todos os dias chega uma proposta para o Jean. Ele joga demais futebol. De repente, ele precisa dar uma saída. Tomara que o Jean seja feliz. Quero o bem dele. Tem proposta do Aláves. Recebi. Tem da Inglaterra, da Alemanha", avaliou. 

O "timing" da decisão, com somente três jogos restantes, também foi alvo de questionamento para o dirigente. De acordo com Abrahão, era preciso fazer algo e "antes tarde, do que mais tarde" para tentar mudar o panorama. "O momento que nós encontramos foi este. Faltam dez dias? Faltam, mas esses dez dias são decisivos para a nossa manutenção na série A". 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895