capa

Grêmio aplica multa a atletas da base que postaram ofensas contra D’Alessandro

Goleiro e zagueiro de 19 anos também conversaram com o presidente do clube, Romildo Bolzan Jr

Por
Correio do Povo

D'Alessandro disse que vai processar os jogadores

publicidade

O Grêmio puniu dois jogadores de sua base que postaram ofensas no Twitter ao jogador D’Alessandro, do Inter, durante a final do Campeonato Gaúcho, com uma multa salarial. O goleiro Gabriel Grando, conhecido como Chapecó, e o zagueiro Ruan Tressoldi, ambos de 19 anos, fizeram comentários sobre o argentino, que, posteriormente, afirmou que ingressaria com ações judiciais pelo crime de difamação. Eles desativaram suas contas na rede social após a polêmica.

O presidente do Tricolor, Romildo Bolzan Jr., também conversou com os jogadores. O clube colocou o departamento jurídico à disposição para defender os jogadores caso o processo seja confirmado pelos advogados de D’Alessandro. O ídolo colorado, no ano passado, ingressou com ações após ser alvo de ofensas na internet. Já são mais de 30 processos em andamento por fatos semelhantes que ofendem a honra do atleta e da família.

No Gre-Nal que deu o título gaúcho ao Grêmio, na Arena, o camisa 10 do Inter foi expulso mesmo tendo ficado no banco de reservas. O cartão vermelho veio em razão de uma discussão com o quarto árbitro na marcação de um pênalti a favor do Tricolor após revisão do lance pelo árbitro de vídeo, causando o retardamento da partida. A súmula relata reclamações de do argentino, que teria dito que a arbitragem tinha medo dos adversários.

* Com informações de Cristiano Silva, da Rádio Guaíba