Grêmio avaliará com Renato necessidade de contratar novo lateral
capa

Grêmio avaliará com Renato necessidade de contratar novo lateral

Cortez, Guilherme Guedes e Matheus Nunes são as opções no clube para a vaga de Caio Henrique

Por
Correio do Povo

Com a saída de Caio Henrique, Cortez deve retomar a titularidade na lateral esquerda do Grêmio


publicidade

A pandemia da Covid-19 paralisou o futebol e atingiu em cheio a vida financeira dos clubes brasileiros, que tiveram forte diminuição dos valores arrecadados. Na quarta-feira, o Grêmio completará 80 dias sem entrar em campo e a situação econômica deverá dificultar a contratação de reforços para o restante do ano. Por isso, um eventual substituto do lateral esquerdo Caio Henrique, que voltou ao Atlético de Madrid, será alvo de análise.

O vice de futebol do clube, Paulo Luz, citou três nomes para a vaga. Todos caseiros. “O Cortez, que tem uma trajetória no clube, e ainda temos os dois meninos, o Guilherme (Guedes), que já treina com o profissional, e o Mateus (Nunes), que está na transição. Vamos fazer uma avaliação com todo o cuidado, sem presa e açodamento. Até aguardando um pouco o calendário do futebol brasileiro e sempre levando em consideração uma oportunidade. Um negócio que traga alguém de qualidade, que agregue valor, mas com custo inferior ao que tínhamos com o Caio Henrique”, revelou o vice de futebol, Paulo Luz, em entrevista a assessoria de imprensa do Grêmio.

O dirigente revelou que irá conversar com o presidente Romildo Bolzan e com o técnico Renato Portaluppi para avaliar se será necessária uma reposição. Além de Cortez, que era o titular até a chegada de Caio Henrique, o Tricolor ainda tem Guilherme Guedes, de 21 anos, que teve passagens pelo profissional e acabou emprestado para a Ponte Preta em 2019 para ganhar experiência. E Matheus Nunes, de 20 anos, que joga pelo grupo de transição.

Guedes fez quatro jogos entre os profissionais desde 2018, quando teve a primeira oportunidade. Pelo clube de Campinas, no ano passado, fez 12 jogos. Nunes ainda não teve chances com o técnico Renato Portaluppi, mas esteve no time vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano e teve bom rendimento.

“Teremos que achar um ponto de equilíbrio entre cuidar das finanças e fazer com que tenhamos um time, e o Grêmio tem um elenco muito forte, vitorioso e competente... Achar um ponto de equilíbrio para fazermos essa condução com muita sabedoria, assim que o futebol for retomado”, destacou Luz.


O Grêmio segue treinando obedecendo as normas impostas pelo governo do Estado para evitar a propagação da Covid-19. A expectativa é que o Gauchão seja retomado até o início de agosto. A volta da competição é fundamental para que o Tricolor volte a receber valores de direitos de transmissão e, também, de aumento de sócios.