Grêmio bate o Ceará por 2 a 0 e ganha fôlego na luta contra o rebaixamento

Grêmio bate o Ceará por 2 a 0 e ganha fôlego na luta contra o rebaixamento

Diego Souza e Ferreira marcaram em partida realizada na manhã deste domingo, na Arena

Nicholas Lyra

Diego Souza marcou em vitória do Grêmio na manhã deste domingo, na Arena

publicidade

O Grêmio entrou em campo pressionado. Precisava da vitória para ganhar fôlego na briga contra o rebaixamento, após triunfos dos adversários diretos. E conseguiu. No reencontro com Tiago Nunes, venceu o Ceará por 2 a 0, na manhã deste domingo, na Arena. Assim, chegou aos 19 pontos, e voltou para a 18ª posição, três pontos distante do primeiro fora do Z-4 do Brasileirão.

Os gols foram marcados no primeiro tempo. Aos 42, Diego Souza fez de cabeça. Já nos acréscimos, aos 46, Ferreira bateu cruzado e definiu o placar. 

Agora, o Grêmio tem dois compromissos diante do Flamengo, por competições diferentes. Na quarta-feira, faz o confronto de volta das quartas de final, às 21h30min. Pelo Campeonato Brasileiro, a partida é no domingo, às 20h30min. Os dois jogos acontecem no Maracanã. 

Grêmio domina e faz 2 a 0 no primeiro tempo 

Mais uma vez, o técnico Felipão não pôde contar com a dupla de zaga considerada titular. Sem Geromel e Kannemann, Ruan e Rodrigues iniciaram a partida. Mais uma vez, Rafinha começou na lateral esquerda. No ataque, Diego Souza foi o escolhido, sendo municiado por Jhonata Robert e Ferreira, com Alisson flutuando pelo meio.

O Grêmio começou a partida com mais mobilidade na comparação com outros jogos. As tramas e troca de passes aconteceram tanto pelo meio quanto pela esquerda, com participação de Rafinha no setor. Diego Souza, saindo da área, também apareceu bem no início da partida.

Aos 10, a primeira boa chance. Ferreira, após sofrer falta dura, ganhou da marcação e tabelou com Lucas Silva. Recebeu de volta e, um pouco desequilibrado, bateu forte. A bola passou à esquerda do goleiro do Ceará.

Ferreira foi o jogador mais acionado e, consequentemente, o que mais deu trabalho à defesa do Ceará. Aos 24 minutos, apareceu pelo meio. Já ajeitou tirando da marcação, finalizando forte. O goleiro Richard precisou mergulhar para espalmar e evitar o primeiro do Tricolor.

Apesar de começar agredindo mais, o Grêmio acabou diminuindo o ímpeto ofensivo no fim do primeiro tempo. Mesmo ocupando o campo adversário, as finalizações escassearam, e o Ceará até ensaiou uma reação nos minutos finais. Ainda assim, o Grêmio chegou aos gols em seu momento menos confortável no duelo. Aos 42, Alisson fez jogada pela direita e cruzou na medida. Diego Souza, atrás da marcação no segundo pau, na sua principal característica, cabeceou para abrir o placar. 

Já nos acréscimos, aos 46, em nova boa trama rápida, o melhor jogador da etapa inicial foi premiado com o gol. Após cruzamento da esquerda, a zaga cortou mal e ela sobrou para Ferreira na direita. Ele limpou e bateu rasteiro, cruzado. A bola bateu no pé da trave antes de morrer no gol e garantir o 2 a 0 para o Tricolor no intervalo.

Tricolor administra vantagem na etapa final  

Atrás no placar, o Ceará do técnico Tiago Nunes precisou sair mais na etapa final. Assim, o Grêmio passou a ter espaço para contra-golpes, de novo explorando jogadores que apareceram bem no primeiro tempo, como Diego Souza e Ferreira.

Para tentar manter a presença ofensiva, Tiago Nunes fez uma troca tripla aos 16 minutos. O meia Fernando Sobral e os atacantes Mendoza e Jael deixaram o campo para entradas de Marlon, Cleber e Erick.

Diante do ímpeto ofensivo do Ceará, Felipão optou por reforçar o setor de marcação no meio. Sacou o apagado Jhonata Robert, que não conseguiu dar a mesma movimentação que Ferreira, e colocou o volante Villasanti. Assim, Alisson voltou para o seu setor de origem, aberto na direita, com um tripé de volantes mais atrás.

Depois, por conta do cansaço, Felipão seguiu modificando o setor ofensivo. Ferreira, com cãimbras, deixou o campo para a entrada de Léo Pereira. O centroavante Borja, voltando de boa atuação com gols nas Eliminatórias, foi a campo no lugar de Diego Souza. No fim, restou ao Grêmio administrar a vantagem. Até Everton recebeu oportunidade, e o Grêmio segurou o 2 a 0, que deu fôlego ao time na luta contra o rebaixamento no Brasileirão.

Campeonato Brasileiro - 20ª rodada 

Grêmio 2

Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha (Bruno Cortez); Lucas Silva, Thiago Santos, Alisson (Everton), Jhonata Robert (Villasasnti) e Ferreira (Leo Pereira); Diego Souza (Borja). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Ceará 0

Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otavio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral (Marlon), Fabinho, Vina (Yoni González) e Lima (Rick); Mendoza (Erick) e Jael (Cleber). Técnico: Tiago Nunes

Gols: Diego Souza (42/1T), Ferreira (46/1T)

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 12/09, às 11h


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895