Grêmio busca manter Pepê para as finais da Copa do Brasil após sondagem da Europa

Grêmio busca manter Pepê para as finais da Copa do Brasil após sondagem da Europa

Porto deve fazer proposta milionária pelo atacante nos próximos dias

Correio do Povo

Intenção dos dirigentes gremistas é manter Pepê pelo menos até fevereiro

publicidade

O Grêmio está próximo de fazer mais uma venda milionária. Segundo a imprensa portuguesa, o Porto deve oferecer um valor entre 12 e 15 milhões de euros pelo atacante Pepê, que conquistou a titularidade somente após a saída de Everton Cebolinha, em agosto, para o Benfica – também de Portugal. Um ponto importante da negociação que deve evoluir nas próximas semanas envolve a final da Copa do Brasil, já que o técnico Renato Portaluppi não abre mão de contar com Pepê nos dois jogos contra o Palmeiras. 

Por isso, mesmo que o negócio avance e a venda seja concretizada, a intenção dos dirigentes gremistas é manter Pepê pelo menos até fevereiro (as finais serão dias 3 e 10). O presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior, admitiu em entrevistas nos últimos dias que o Grêmio já foi informado sobre o interesse de alguns clube, entre os quais o Porto, mas disse que não houve ainda uma proposta oficial. 

“Sabemos que o Pepe é um jogador valorizado e muito observado por grandes clubes da Europa. Não temos interesse em vender, mas se uma proposta boa para o clube foi apresentada, vamos analisar”, disse Romildo, no início da semana. Pepê tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2025, com multa rescisória estipulada em  150 milhões de euros.

Outra negociação que precisa ser realizada nos próximos dias envolve o lateral Orejuela. O contrato de empréstimo ao Grêmio foi finalizado nesta sexta-feira e o vínculo do jogador voltou para o Cruzeiro. A princípio, havia um acordo entre os dois clubes segundo o qual os dirigentes gremistas prometeram comprar os direitos federativos do colombiano, pagando em oito parcelas de pouco mais de R$ 2 milhões. Porém, nos últimos dias, o Cruzeiro teria sugerido uma elevação do valor, desagradando os representantes do Grêmio.

O Cruzeiro está na Série B e atravessa gravíssimas dificuldades financeiras. A negociação do jogador, que foi recentemente convocado para a seleção da Colômbia, é considerada fundamental para que o clube mineiro consiga pagar os salários atrasados de seus jogadores e funcionários. Neste momento, Orejuela recupera-se de uma lesão. Por isso, está fora do time.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895