Grêmio cede placar em jogos e complica luta por Libertadores

Grêmio cede placar em jogos e complica luta por Libertadores

Tricolor esteve na frente em cinco das últimas seis partidas, mas sofreu tropeços em sequência

Correio do Povo

Grêmio sofre para segurar resultados e vê briga pelo topo do Brasileirão mais distante

publicidade

Após mais uma virada sofrida no Brasileirão, o Grêmio deu adeus às chances de G-4 na competição, e agora terá que investir todas as suas forças na Copa do Brasil para conquistar vaga direta à Libertadores. Deixar resultados escaparem tem sido a tônica que atrapalha o Grêmio na briga pela parte de cima da tabela: nas últimas seis rodadas, esteve à frente em cinco de seis jogos, mas sofreu tropeços nestas partidas. 

A série iniciou no Gre-Nal, quando saiu na frente, mas sofreu a virada já nos minutos finais. Contra o Flamengo, o cenário se repetiu, e a má atuação na etapa final resultou em virada e derrota por 4 a 2.

Fora de casa, contra o Coritiba, abriu o placar, mas perdeu pênalti e o confronto acabou em 1 a 1. Diante do Santos, saiu atrás, chegou a virar para 3 a 1 com um jogador a mais, mas também tomou o empate. 

Na noite deste domingo, a tendência se repetiu contra o São Paulo. Abriu o placar com Diego Souza no primeiro tempo, mas voltou mal para a etapa final e de novo foi superado por 2 a 1. 

O único resultado que o Grêmio conseguiu segurar foi diante do já rebaixado Botafogo, quando saiu na frente e venceu a partida. Ainda assim, na goleada por 5 a 2, o sistema defensivo falhou e resultou nos gols dos cariocas, o que gerou cobranças e críticas do técnico Renato Portaluppi após a partida. 

O Tricolor tentará acabar com a instabilidade diante do Athletico-PR, neste domingo, às 18h15min. A partida, válida pela 37ª rodada do Brasileirão, acontece na Arena.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895