Grêmio concentrará o grupo de jogadores até a partida de domingo contra o Fluminense

Grêmio concentrará o grupo de jogadores até a partida de domingo contra o Fluminense

Renato Portaluppi lembrou que não há tempo para treinar e que precisa cuidar do descanso e alimentação para os atletas terem condições físicas

Correio do Povo

Renato destacou que equipe que jogo contra o RB Bragantino era basicamente a titular, com Geromel e Kannemann poupados devido as dores musculares

publicidade

O calendário brasileiro somada a pandemia obrigam os clubes a jogarem no final e no meio da semana, o que exige muito dos times a preparação física e psicológica dos atletas. Pensando nisso e como tem dois jogos importantes até o próximo domingo, o técnico Renato Portaluppi determinou concentração máxima para o elenco até o jogo contra o Fluminense, no Maracanã.

“Vou concentrar o meu grupo nesta terça-feira. O jogo é importante na quinta (contra o Juventude, pela Copa do Brasil), mas é para eles descansarem. Para eles se alimentarem. É um sufoco. Sei que eles gostariam de ficar com as famílias, mas, vou fazer o quê? Sexta-feira vamos para o Rio e vão falar que o Renato é do Rio... não tem nada a ver. Tenho que segurar o meu grupo para eles dormirem e se alimentarem direito para eles terem as energias para poderem correr... Ninguém quer saber. Só pensam no resultado. Queria ver vocês no lugar do treinador”, disse.

Após a vitória que colocou o Grêmio na oitava colocação, a três pontos do Santos, sexto colocado com 30 e a cinco do Fluminense, quarto, ambos com um jogo a mais, Renato Portaluppi voltou a lembrar as dificuldades que tem para dar treinos para os seus jogadores. “A cada três dias temos que estar em campo. Daí temos problemas de Covid. Jogadores no departamento médico. Problemas que nos obrigam a poupar um ou outro jogador devido as dores musculares. Daí precisamos mudar toda a equipe e temos alguns minutos na véspera da partida para treinar a parte tática, acertar o esquema de jogo e colocar o time no dia seguinte. É difícil para todos os treinadores“, destacou.

Mais uma vez, o comandante tricampeão da América destacou que o Grêmio não desistiu do Brasileiro e que segue sonhando com o título. Depois de vencer o Bragantino, o Tricolor ficou a oito pontos do líder, o Inter, que tem 35 e um jogo a mais. Ao ser cobrado sobre a utilização de um time misto, em casa, na segunda-feira, Renato Portaluppi, discordou.

Veja Também

“Só Geromel e o Kannemann não jogaram. Tem posições que posso fechar os olhos e colocar o jogador que ele vai dar conta do recado. Principalmente, nas laterais. Temos dois de cada lado que são muito bons. Se colocassem o Kannemann e o Geromel, ninguém ia dizer que é time misto. O Antônio (Rodrigues) e o Braz foram muito bem na partida. Então, não é o problema de arriscar ou não. Gostaria de ter o time voando em todos os jogos, mas não dá. Há quatro anos respondo essa mesma pergunta. Por que os outros clubes fazem a mesma coisa? Não tem como (usar sempre a mesma equipe)”, concluiu.

O Grêmio treina às 15h30min nesta terça-feira. Na quarta, véspera do jogo, deve trabalhar pela manhã e viajar à tarde para Caxias do Sul. A decisão contra o Juventude é na quinta-feira, às 21h30min. Retorna para Porto Alegre e na sexta viaja para o Rio, onde, no domingo, às 20h30min, pega o Fluminense, no Maracanã.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895