Grêmio decide não priorizar uma competição

Grêmio decide não priorizar uma competição

Tricolor colocará o que tiver de melhor na Copa Sul-Americana e nas finais do Gauchão

Correio do Povo

Entre as muitas mudanças que Tiago Nunes vem promovendo no Grêmio, uma delas é o fim do discurso de priorizar uma competição

publicidade

Uma semana de decisões importantes para o Grêmio. O Tricolor tem a Copa Sul-Americana na quinta-feira, mas é impossível deixar de lado o clássico Gre-Nal que vai começar a definir o campeão gaúcho da temporada. Tiago Nunes terá pela frente os dois principais confrontos desde que assumiu o comando técnico. É a oportunidade perfeita para sustentar o trabalho que até o momento apresenta cinco vitórias em cinco jogos e vem sendo bastante elogiado. Não haverá prioridade para a Sul-Americana ou a final do Gauchão. O Grêmio vai para as decisões com o que tem de melhor à disposição do treinador.

Se vencer o Lanús, quinta-feira, na Arena, o Tricolor praticamente carimba a vaga nas oitavas de final, já que abriria seis pontos para o segundo colocado, faltando duas rodadas, e com um saldo de gols muito superior aos adversários do Grupo H.

“É decisivo, temos que fazer por merecer ampliar a vantagem na classificação. E não vamos perder o Gre-Nal de vista, mas passo a passo, dia a dia, avaliando o elenco, dando o máximo de informações possível e com qualidade para chegar na quinta-feira e depois com o grupo focado para o jogo de domingo”, projeta Tiago Nunes, que vai para a sua primeira final com o Grêmio.

A comissão técnica não vai alterar a rotina de treinamentos. Há um desgaste natural pelo acúmulo de jogos e que será administrado diariamente. Os atletas que apresentarem uma fadiga muscular maior podem ser retirados de um treinamento ou outro. E o Grêmio espera ganhar opções para a semana decisiva.

O atacante Léo Chú voltou a treinar ontem após se recuperar da Covid-19. O zagueiro Kannemann ainda é uma incógnita e pode ser uma alternativa para o clássico no Beira-Rio.  A vitória sobre o Caxias no domingo teve em Darlan a boa notícia no meio-campo.

“Ele sempre se notabilizou por ser um organizador de jogo e que também pisa na área, vem participar da construção e chega mais à frente”, elogia Tiago Nunes.

Apesar de jogar na quinta-feira e ter menos tempo entre a partida contra o Lanús e o clássico de domingo, o Grêmio não precisará viajar. Na próxima semana, no entanto, a situação se inverte e o Tricolor terá de ir à Venezuela antes da final do Gauchão.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895