Grêmio demite sete funcionários ligados ao futebol
capa

Grêmio demite sete funcionários ligados ao futebol

Direção divulgou nota afirmando que demissões fazem parte de “processo de reorganização na estrutura profissional do Departamento de Futebol”

Por
Correio do Povo

Preparador de Goleiros, Rogério Godoy, o Rogerião, foi um dos sete demitidos pela direção do Grêmio

publicidade

Menos de uma semana depois da reapresentação do grupo de jogadores do Grêmio para a temporada 2020, a direção do clube fez mudanças na comissão técnica e de apoio do futebol. Foram demitidos sete funcionários que trabalham há anos no Tricolor. Segundo nota divulgada no site oficial, o motivo das demissões é o “processo de reorganização na estrutura profissional do departamento de futebol”.

Foram desligados o preparado físico, Rogério Dias, o preparador de goleiros, Rogério Godoy, os fisiologistas José Leandro e Rafael Gobbato, o fisioterapeuta Henrique Valente, a nutricionista Katiuce Borges e o assessor de imprensa João Paulo Fontoura.

“A todos, o Clube agradece o profissionalismo dedicado. A nova estrutura e os profissionais que a integrarão serão anunciados pelas mídias oficiais do Grêmio nos próximos dias”, completa a nota.