Grêmio empata com o Juventus, mas lidera grupo na Copa São Paulo
capa

Grêmio empata com o Juventus, mas lidera grupo na Copa São Paulo

Tricolor e equipe paulista empataram em 1 a 1

Por
Correio do Povo

Grêmio saiu na frente, mas cedeu o empate em duelo com o Juventus


publicidade

O Grêmio jogou neste domingo e empatou em 1 a 1 com o Juventus em duelo disputado pela fase de grupos da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O gol gremista foi marcado por Elias, enquanto o tento do time paulista foi anotado por Rikelme. A partida foi realizada no estádio municipal Francisco Ribeiro Nogueira, em Mogi das Cruzes. 

Apesar do resultado, o Tricolor segue como líder do grupo 21 com quatro pontos somados. A equipe gaúcha é seguida pelo próprio Juventus, também com quatro. A diferença entre os dois times se dá nos critérios, em que o Grêmio leva vantagem no saldo de gols. Os comandados de Guilherme Bossle irão decidir a classificação na próxima quarta-feira, às 17h, contra o lanterna União Mogi, de São Paulo. 

Pressão e vantagem 

Logo aos quatro minutos, Elias recebeu passe pela esquerda e tentou o chute rasante, mas foi pra fora. Onze minutos depois, Elias novamente recebeu o lançamento longo no bico da grande área, puxou pro fundo e bateu firme, no pé da tarve, para defesa do goleiro mandando para escanteio. Na cobrança, Matheus Nunes mandou na marca do pênalti. Alison Calegari subiu livre para tornear de cabeça. A bola passou raspando a trave esquerda, para fora.

Aos 18 minutos, em novo escanteio de Matheus Nunes da esquerda, Gonçalves se adiantou ao marcador e desviou de cabeça. A bola quicou no gramado e foi na segunda trave para Elias, que tentou cabecear, mas a bola foi por cima. A pressão deu certo. Após cobrança de lateral pela esquerda, Fabricio escorou de peito para Elias. Em velocidade ele passou pelo zagueiro, invadiu a área e bateu de chapa tirando do arqueiro para abrir o placar, com categoria. 1 a 0!

O time paulista tentou reagir e começar a arriscar mais chegadas ao ataque, porem a defesa gremista se mostrou sólida. Aos 37, Gonçalves passou por dois marcadores e deu o passe para Rildo. O meia girou pra cima do zagueiro e soltou o chute da entrada da área, para fora. Aos 42 minutos teve a melhor chance do Moleque Travesso. A bola foi cruzada da esquerda no primeiro pau. o centroavante se adiantou ao goleiro Adriel e desviou de cabeça, mas a bola foi para fora, na diagonal.

O Grêmio ainda chegou mais três vezes no final da etapa. Primeiro com Rildo em chute colocado de direita, que o goleiro espalmou para o lado. Depois, na sobra, Gonçalves entortou o marcador, chegou ao fundo na área pela direita para chutar cruzado, para nova intervenção do arqueiro. Já nos acréscimos, aos 47, novamente Rildo arriscou da entrada da área um chute venenoso. A bola quicou no gramado e o goleiro conseguiu se virar para esplamar para escanteio.

Equilíbrio na segunda etapa 

O segundo tempo começou mais equilibrado, com as duas equipes tentando atacar, porem sem maior qualidade no passe final. Aos 14 minutos, o Grêmio errou na saída de bola e o Juventus conseguiu a roubada. Rikelme chutou firme da risca da grande área no canto esquerdo para deixar tudo igual. 1 a 1.

O Grêmio começou a reagir na partida aos 26 minutos, em grande jogada individual de Gonçalves que passou por dois marcadores e, na linha de fundo bateu rasteiro na pequena área. O goleiro desviou com a perna e a bola passou na boca do gol, sem ninguem aparecer para empurrar pro gol. No minuto seguinte, Pedro Lucas arriscou de fora da área o chute colocado, mas passou para fora.


Depois disso a partida caiu de ritmo e as equipes não conseguiram definir melhor as jogadas. Mesmo chegando ao ataque, o Grêmio não conseguiu criar melhor oportunidade, mantendo o empate no placar.