Grêmio enfrenta o Atlético-GO em clima de ultimato para Tiago Nunes

Grêmio enfrenta o Atlético-GO em clima de ultimato para Tiago Nunes

Pressão sobre treinador é grande, e qualquer tropeço diante dos goianos, neste domingo, pode causar sua demissão

Correio do Povo

Douglas Costa deverá começar novamente entre os titulares

publicidade

O confronto deste domingo do Grêmio com o Atlético-GO pode definir o futuro do técnico Tiago Nunes. Na lanterna do Brasileirão, com apenas dois pontos, o Tricolor é obrigado a vencer a partida, que se inicia às 20h30min, na Arena. Na quarta-feira, o time gremista teve péssima atuação no clássico com o Juventude, sendo derrotado por 2 a 0. Após a partida, o presidente Romildo Bolzan Júnior e o vice de futebol Marcos Hermann foram enfáticos ao afirmar que novos tropeços não serão aceitos, deixando claro que a comissão técnica está sob o risco de demissão.

Grêmio x Atlético-GO: acompanhe os lances do jogo

Tiago Nunes, que assumiu o cargo em abril, tem consciência disso. Depois da derrota em Caxias do Sul, afirmou que ganhar neste domingo é obrigação. “Futebol é pressão, sempre foi e sempre vai ser. Mesmo quando vence, tem que continuar vencendo para manter a regularidade. Tivemos uma fase muito positiva quando chegamos, com bons jogos, bom rendimento. Você imagina que estamos com pouco mais de 60 dias, é muito recente. Um clube da magnitude do Grêmio tem que estar sempre vencendo. Temos que entregar resultado”, disse. 

Para o duelo, a certeza é a volta do zagueiro Kannemann, depois de cumprir suspensão contra o Juventude. O goleiro Brenno ainda é dúvida, mesmo que já esteja treinando, depois de recuperado da Covid-19. Na lateral direita, Rafinha pode perder a vaga para Vanderson, e no meio, Thiago Santos, fora por seis semanas, deverá ser substituído por Victor Bobsin, enquanto Ricardinho pode aparecer no lugar de Diego Souza. 

O Atlético-GO, por sua vez, iniciou a rodada na décima posição. E mantinha uma invencibilidade de 19 jogos em seu estádio até a sétima rodada do Brasileirão, quando caiu diante do líder Red Bull Bragantino. E depois de um ótimo início de trabalho, o técnico Eduardo Barroca vem conhecendo sua primeira turbulência com a equipe. São três derrotas nas últimas quatro partidas disputadas, a última com goleada de 4 a 1 para o Atlético-MG, na quinta-feira.

Campeonato Brasileiro - 9ª rodada

Grêmio
Brenno; Vanderson, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Victor Bobsin, Matheus Henrique e Darlan (Jean Pyerre); Douglas Costa, Ferreira e Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Tiago Nunes. 

Atlético-GO
Fernando Miguel; Dudu, Oliveira, Éder e Igor Cariús; Marlon Freitas, Willian Maranhão e Arthur Gomes; Pablo Dyego, Zé Roberto e André Luís. Técnico: Eduardo Barroca.

Arbitragem: Marielson Alves Silva, auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos e Edevan de Oliveira Pereira (BA). 
Árbitro de VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ).
Horário: 20h30min
Data e local: 04 de julho, Porto Alegre (RS) 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895