Grêmio fica no empate em 0 a 0 diante do La Equidad pela Sul-Americana

Grêmio fica no empate em 0 a 0 diante do La Equidad pela Sul-Americana

Time sub-21 do Tricolor teve dois jogadores a mais e desperdiçou pênalti em partida para cumprir tabela no Equador

Correio do Povo

Grêmio enfrentou jogo bastante físico no Equador

publicidade

Foi um jogo para testar a base. Com um time sub-21, o Grêmio foi ao Equador cumprir tabela. Já classificado, empatou em 0 a 0 com o La Equidad, na noite desta quinta-feira, pela última rodada da fase de grupos da Sul-Americana. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 16 pontos na competição, reforçando a melhor campanha da fase de grupos. 

Com direito a pênalti perdido pelo Tricolor, o empate se deu em um jogo muito físico e brigado. O La Equidad tentou se impor na força, e chegou a ter dois jogadores expulsos. Rildo foi derrubado na área e Gui Azevedo desperdiçou a cobrança, mantendo a igualdade no placar até o final.

Agora, o Tricolor aguarda o sorteio para saber quem será seu adversário, vindo da fase de grupos da Libertadores, nas oitavas de final da Sul-Americana. No domingo, o Tricolor estreia no Brasileirão diante do Ceará, às 16h, no Castelão.

Primeiro tempo brigado no Equador 

Classificado antecipadamente às oitavas de final, o Grêmio foi ao Equador com um time totalmente alternativo. Com apenas três reservas, e sem o técnico Tiago Nunes, que ficou em Porto Alegre preparando o grupo principal para a estreia no Brasileirão. Quem esteve na casamata foi Thiago Gomes, comandando um time repleto de garotos. Destaques para Gui Azevedo, Victor Bobsin e Elias. 

Com uma equipe bastante jovem, e até desacostumada a esse cenário, o Grêmio demorou para se encontrar. Errou passes e, antes dos 10 minutos, já tinha um jogador amarelado. No entanto, o passar dos minutos deu mais segurança à equipe, que passou a ocupar mais o campo adversário.

Ainda assim, a primeira criação de jogada de perigo veio apenas aos 19 minutos. A bola sobrou na direita para Gui Azevedo, que invadiu a área e bateu cruzado, levando perigo ao goleiro Román. Ela passou na frente dele e saiu à direita.

O Grêmio, com apenas três jogadores no banco de reservas, encontrou dificuldades. Primeiro, Elias sentiu e precisou deixar o campo com dores no tornozelo. Depois, o goleiro Chapecó reclamou de dificuldade para respirar, na altitude de 2,6 mil metros de Ambato.

E, com isso, o La Equidad cresceu. Apesar de deixar evidente a falta de qualidade técnica, especialmente na hora de trocar passes no campo ofensivo, chegou a ensaiar pressão. Especialmente na bola parada, em cobrança de falta e escanteios em sequência, em seu melhor momento no jogo, depois dos 30 minutos. Apesar de se impor no aspecto físico diante de jogadores mais jovens, por vezes até de maneira faltosa, não foi suficiente para sair em vantagem, e primeiro tempo foi ao intervalo em 0 a 0.

Veja Também

Segundo tempo com pênalti e expulsões

O jogo voltou do intervalo com a mesma característica, de intensidade física. Mas, logo no início do segundo tempo, isso custou caro ao La Equidad. O atacante Omar Duarte, que desde o início da partida tumultuou o confronto, recebeu o segundo amarelo após deixar o braço no rosto do lateral Sarará, deixando os mandantes com um a menos.

A superioridade numérica se transformou em espaço para as individualidades do Tricolor, e elas apareceram. Rildo fez jogada individual partindo da direita, e driblou um marcador para invadir a área. Acabou derrubado e sofreu pênalti. No entanto, Gui Azevedo telegrafou a cobrança, e Román saltou para a direita para fazer a defesa e manter o 0 a 0 no placar.

No entanto, mesmo com um jogador a mais, o Grêmio cansou na altitude. Também por conta das poucas alternativas no banco de reservas, não conseguiu rodar o time. Assim, a partida caiu ainda mais tecnicamente nos últimos 15 minutos. 

O La Equidad até chegou a ter mais um jogador expulso, já no fim da partida. Em muita vantagem numérica, o Grêmio até ensaiou uma pressão antes do apito final, mas o árbitro encerrou o jogo de cumprimento de tabela em 0 a 0 na última rodada da Sul-Americana.

Sul-Americana - 6ª rodada da fase de grupos

La Equidad 0 

Roman; Pestaña, García, Mena e Correa; Lima, Zapata, Torralvo e Stalin Motta; Manitlla e Omar Duarte. Técnico: Alexis Garcia. 

Grêmio 0

Chapecó; Sarará, Emanuel, Heitor e Jonatan Varela; Victor Bobsin, Fernando Henrique, Bitello, Gui Azevedo e Vini Paulista; Elias. Técnico: Thiago Gomes 

Cartões amarelos: Omar Duarte (La Equidad); Fernando Henrique (Grêmio)

Cartões vermelhos: Omar Duarte e Correa (La Equidad)

Arbitragem: Marlon Vera (EQU)

Local: Estádio Bellavista, em Ambato (EQU)

Data e hora: 27/05, às 21h30min


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895