Grêmio goleia o Santos na Vila e chega à sétima colocação
capa

Grêmio goleia o Santos na Vila e chega à sétima colocação

Tricolor alternou desempenhos e foi recompensando no segundo tempo com 3 a 0

Por
Correio do Povo

Luan abriu o placar da goleada do Grêmio sobre o Santos na Vila Belmiro

publicidade

O Grêmio quebrou a invencibilidade caseira do Santos e goleou por 3 a 0 na noite deste sábado, na Vila Belmiro. Contra os "Meninos da Vila", a base gremista é que brilhou, com gols de Luan, Pepê e Everton. Depois de um primeiro tempo ruim, onde só foi finalizar depois dos 40 minutos, o Tricolor voltou do vestiário melhor distribuído em campo e passou a dominar as ações ofensivas, aproveitando ainda as alterações do treinador rival, que escancararam espaços para contragolpes.

Os paulistas que chegaram a ter 10 conclusões no primeiro tempo, pouco atacaram na etapa final e não conseguiram igualar o placar. Aos 42, Pepê, que havia entrado dez minutos antes, ampliou em uma jogada em alta velocidade. Cinco depois, Everton chutou no canto inferior da meta paulista e fechou a goleada.

Com o resultado fora de casa, o Tricolor gaúcho não perde há seis jogos, com quatro vitórias e dois empates. Com o rendimento, os comandados de Renato Portaluppi passaram da 14ª colocação para a sétima. Já o Santos é o terceiro com 37 pontos.

O Grêmio volta aos gramados na quinta-feira, às 20h, para enfrentar o Avaí, na Arena, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Santos, no mesmo dia e horário, vai ao Maracanã, enfrentar o Fluminense.

Grêmio finaliza pela primeira vez aos 42 minutos

O clube paulista começou a partida pressionando o Tricolor e, aos 17 segundos, Sasha chutou fraco e rasteiro para fácil defesa de Paulo Victor. O Santos continuou encurralando o Grêmio em seu campo defensivo, até que aos 16 minutos, o goleiro gremista salvou a equipe em duas oportunidades. Pituca arriscou de fora da área e Paulo Victor fez excelente defesa. Na sobra, Galhardo furou em bola dentro da área e Soteldo pegou o rebote. O atacante chutou forte e o goleiro fez mais uma importante defesa com a canela direita.

A supremacia santista aos 20 minutos apontava 61% de posse de bola e sete finalizações, a maioria para fora. Enquanto isso, o Grêmio não havia criado nenhuma oportunidade. Com os paulistas tentando furar o bloqueio defensivo montado por Renato Portaluppi, em especial pelas laterais, o Tricolor optava por tentar os contra-ataques. Em duas oportunidades, Alisson e Luan erraram os passes e deixaram de criar boas chances.

A primeira ocorreu aos 42 minutos. Luan fez excelente passe para Cortez, que foi à linha de fundo e cruzou. Everton saltou, sozinho dentro da pequena área, e cabeceou desviado à direita de Everson. Nos acréscimos, Galhardo cobrou falta pelo lado direito, Michel recuou para Everton, que finalizou. Após bate e rebate, a bola foi na direção da marca do pênalti e Michel chutou, mas o goleiro santista fez a defesa.

Grêmio volta diferente e goleia o Santos

O Santos voltou levando perigo a meta de Paulo Victor, mas foi o Grêmio que mudou de desempenho e construiu uma goleada dentro da Vila Belmiro. Logo a dois minutos, Jorge passou “de viagem” por Galhardo e cruzou, mas David Braz afastou de cabeça pela linha de fundo próximo ao poste direito do Grêmio. Três depois, Luan passou para Tardelli, que girou e bateu de dentro da área. Everson saltou e fez a defesa. Aos nove, o Tricolor abriu o placar. Galhardo bateu falta na barreira, mas a bola sobrou e caiu no pé de Luan, que chutou para o fundo das redes. Grêmio 1 a 0 Santos.

Ao contrário do primeiro tempo, a equipe de Renato Portaluppi conseguiu enfrentar os donos da casa e dividir as ações ofensivas. Além disso, conseguiu evitar chances claras de ataque do Santos.

Matheus Henrique, aos 18, e Everton, aos 25, fizeram jogadas individuais pela direita de ataque, invadiram a área, mas não conseguiram boas conclusões e o time de casa evitou o segundo gol. Aos 34, Everton driblou o goleiro, mas não conseguiu concluir. O atacante acabou cruzando e a defesa afastou.

O Grêmio ampliou o placar aos 42 minutos em uma jogada de alta velocidade. Pepê entrou na área em alta velocidade, na frente de Everson, passou para Everton, recebeu de volta e chutou para marcar o segundo. Cinco depois, Everton arriscou de fora da área e acertou o canto inferior da esquerda da meta paulista e aplicou o resultado para 3 a 0.

Brasileirão - 20ª rodada

Santos (0)
Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Fernando (Felipe Jonatan) e Jorge; Diego Pituca, Alison, Carlos Sánchez (Lucas Venuto), Soteldo; Marinho (Uribe) e Eduardo Sasha.
Técnico: Jorge Sampaoli

Grêmio (3)
Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez (Capixaba); Michel, Matheus Henrique, Luan (Pepê), Alisson e Everton; Diego Tardelli (Thaciano). Técnico: Renato Portaluppi

Gols: Luan (9min/2ºT), Pepê (42min/2ºT) e Everton (47min/2ºT)
Cartões amarelos: Everton, Paulo Victor, Tardelli e Michel (G) e Soteldo e Sampaoli (S)
Cartões vermelhos: -

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Árbitro do VAR: Adriano Milczvski (PR)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).