Grêmio irá criar movimento de clubes pela transparência na arbitragem do futebol brasileiro

Grêmio irá criar movimento de clubes pela transparência na arbitragem do futebol brasileiro

Romildo Bolzan pediu para as demais agremiações que façam um documento pedindo a publicização das decisões do VAR

Correio do Povo

Romildo relatou perda do paladar como um dos sintomas da Covid-19

publicidade

Além das ações junto à CBF e o STJD para esclarecer as polêmicas envolvendo o jogo com o São Paulo, o Grêmio está se mobilizando para criar um movimento nacional de clubes com o objetivo de melhorar a transparência nos processos da arbitragem no futebol brasileiro.

“Estamos trabalhando nessa linha, demandamos aos clubes brasileiros que todos nós façamos imediatamente uma situação de documento pedindo que o VAR seja completamente publicizado. Todas as decisões do VAR, seus áudios, suas visualizações, sua forma de decidir, os debates entre os árbitros, tudo que significa a transparência do processo. E que isso seja rapidamente liberado aos clubes para que todos tomem conhecimento”, destacou o presidente Romildo Bolzan Júnior. “O futebol brasileiro não pode ter a sua moralidade atingida”, finalizou.

Na terça-feira, o Grêmio somou mais um prejuízo da partida contra o São Paulo. O meia-atacante Alisson, atingido com uma dura entrada por Tchê Tchê no jogo de sábado, sofreu lesão de ligamentos no tornozelo e fica três semanas afastado dos treinos e dos jogos.

Veja Também

Na quinta-feira, às 21h30min, o Tricolor entra em campo na Arena para vencer o América de Cali para terminar a fase de grupos da Libertadores na primeira colocação. Atualmente, a equipe de Renato Portaluppi ocupa a primeira colocação com 10 pontos conquistados. Os colombianos ocupam a terceira posição com cinco. O Inter é o segundo com oito e enfrenta a Universidad Católica, no mesmo horário, mas no estádio San Carlos de Apoquindo, no Chile.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895