Grêmio perde Matheus Henrique e Renato admite “substituto diferente” para decisão contra Católica
capa

Grêmio perde Matheus Henrique e Renato admite “substituto diferente” para decisão contra Católica

Volante levou o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Libertad

Por
Cristiano Munari

Renato admitiu dificuldade para substituir Matheus Henrique

publicidade

O Grêmio deu um importante passo para avançar às oitavas de final da Libertadores da América com a vitória de 2 a 0 sobre o Libertad nessa terça-feira, mas teve um prejuízo na partida disputada no Paraguai. O volante Matheus Henrique levou o terceiro cartão amarelo e será desfalque no confronto decisivo com a Universidad Católica pela última rodada do Grupo H.

Sem Matheus Henrique, o técnico Renato Portaluppi terá um problema importante para montar a equipe diante dos chilenos. Após o jogo contra o Libertad, o treinador admitiu que não tem no elenco outro volante com características parecidas com as de Matheus - também de Maicon. 

“O Grêmio tem dois jogadores que fazem essa saída de bola: o Maicon e o Matheus Henrique. Nós temos esses dois que sabem sair jogando e muito bem, mas não temos todos os jogadores da posição que fazem isso. Uns têm uma certa qualidade e outros têm outras. Nem sempre todos os jogadores vão jogar, eu tenho um grupo. Você vai perdendo jogadores e isso é normal. Você perde alguma qualidade e ganha em outras quando muda. Mas é claro que quando você tem dois jogadores desse nível e perde, acaba sentindo na saída de bola”, afirmou Renato ao avaliar o estilo de seus volantes.

Matheus Henrique virou titular do Grêmio na Libertadores após a derrota para a Universidad Católica. Com ele em campo, o Tricolor venceu o Rosario Central e o Libertad e renasceu na competição. O garoto, de 21 anos, assumiu o protagonismo do meio-campo. Nos dois jogos, Matheus Henrique terminou como o maior passador gremista. Foram 86 passes certos (96% de aproveitamento) contra o Central e 88 (94%) diante do Libertad.

Substitutos

O Grêmio tem outros dois volantes de origem inscritos na Libertadores da América. São eles Michel e Rômulo, jogadores que de maior imposição física, mas menor qualidade técnica que Matheus Henrique. Rômulo formou dupla com Maicon – Michel estava machucado - na estreia gremista diante do Rosario Central, na Argentina, e não teve boa atuação. Michel atuou nas derrotas para Libertad e Universidad Católica e também não teve bom rendimento. Por conta disso, acabou perdendo a posição para Matheus Henrique.

Outros dois jogadores inscritos na Libertadores são originalmente meias, mas também atuam como volantes: Thaciano e Montoya. Thaciano desempenhou a função em algumas partidas do Gauchão. Já Montoya ainda não jogou como volante no Grêmio, mas atuou nessa posição nos tempos de Rosario Central. Darlan, que tem características semelhantes a Matheus Henrique, não está inscrito.

Grêmio e Universidad Católica vão se enfrentar na Arena no dia 8 de maio (uma quarta-feira), às 19h15min, na Arena. O time chileno ainda enfrenta o Rosario Central nesta quarta na Argentina. Se vencer os argentinos, a Católica jogará pelo empate diante do Tricolor. Vitória do Central ou empate nesta noite, deixará o Grêmio ainda em segundo no Grupo H e com vantagem do empate na última rodada diante dos chilenos.