Grêmio perde para o Athletico-PR na Arena e segue sem pontuar no Brasileirão

Grêmio perde para o Athletico-PR na Arena e segue sem pontuar no Brasileirão

Tricolor teve extremas dificuldades para criar chances de gol contra a boa defesa dos paranaenses

Correio do Povo

Athletico-PR dominou o Grêmio na Arena e venceu por 1 a 0

publicidade

O Grêmio perdeu para o Athletico-PR, por 1 a 0, na tarde deste domingo, na Arena, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2021. O Tricolor teve extremas dificuldades para furar o bloqueio defensivo do adversário paranaense, pouco criou e ainda foi castigado com o gol sofrido.

Com a derrota, o Tricolor disputou dois jogos e ainda não conseguiu marcar pontos no Brasileirão. A equipe de Tiago Nunes não enfrentou o Flamengo no segundo jogo do campeonato devido ao adiamento da Confederação Brasileira de Futebol. Já o Furacão é líder com nove pontos, em três jogos disputados.

Na quinta-feira, o Grêmio vai à Ilha do Retiro enfrentar o Sport, às 21h, pela quarta rodada. Já o Athletico não terá compromissos no meio da semana, pois enfrentaria o Flamengo, mas o jogo foi adiado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Defesa falha e Athletico marca

A partida começou com o Furacão assustando o Tricolor. Logo a um minuto, Vitinho cruzou da esquerda de ataque para Nikão, que entrava pelo lado direito de ataque, cabecear. O goleiro gremista fechou o ângulo, saltou e conseguiu espalmar pela linha de fundo.

Em um primeiro tempo marcado por um jogo movimentado, com faltas duras e alternância no domínio das ações ofensivas, poucas chances claras de gol foram criadas. Com as defesas levando vantagem sobre os ataques, o Grêmio só conseguiu a primeira finalização com perigo aos 30 minutos. Ferreira recebeu passe na intermediária, avançou e arriscou de fora da área. A bola fez uma curva, mas passou próximo ao poste esquerdo Santos, batendo na haste que segura a rede.

Depois de quase 20 minutos de domínio do Grêmio, o Athletico passou a criar mais e levar perigo a meta de Brenno. Aos 33, Vitinho chutou cruzado do lado esquerdo e a bola passou próxima do poste esquerdo da meta do Tricolor. Dois minutos depois, Marcinho cobrou falta da intermediária e a bola passou próximo ao ângulo direito superior da goleira gremista.

Os visitantes abriram o placar em um descuido de marcação aos 43. Marcinho lançou Matheus Babi entre os dois zagueiros do Grêmio. O atacante foi na direção da linha de fundo, bateu sobre a perna direita de Brenno e abriu o placar. Grêmio 0 a 1 Athletico.

Grêmio tem maior posse, mas não consegue o empate

Atrás no placar, o Grêmio iniciou o segundo tempo pressionando os visitantes em seu campo defensivo. Mas o Tricolor tinha dificuldades para furar o bloqueio defensivo armado pelo técnico António Oliveira. A partir dos 10 minutos, o Furacão igualou as ações e passou a pressionar o time de Tiago Nunes.

Aos 16, Maicon entrou na vaga de Luiz Fernando, com Matheus Henrique atuando pelo lado direito de ataque. Um minuto depois, Geromel erra o passe para Kannemann, com a bola quicando na área e ficando com Matheus Babi. O atacante passou para Nikão que, de voleio, mas escorregando, chutou à direita do gol gremista.

Com Maicon, o Grêmio voltou a comandar as ações ofensivas, mas sem conseguir superar a forte defesa paranaense. Porém, rapidamente, o Athletico voltou a igualar o jogo e criar jogadas ofensivas. Aos 27, Ricardinho e Vanderson entraram nas vagas de Thiago Santos e Rafinha.

Dois minutos depois, Matheus Babi ajeitou para Terans, que bateu, mas Brenno defendeu o chute que saiu rasteiro e forte. A partir dos 30, o Tricolor passou a dominar as ações no campo do adversário, mas seguia com extremas dificuldades para furar o bloqueio defensivo. Aos 36, Tiago Nunes colocou Léo Chu e Jean Pyerre para as saídas de Matheus Henrique e Jhonata Robert.

Mesmo com 68% de posse de bola no segundo tempo, o Grêmio não conseguiu transformar a presença no campo ofensivo em oportunidades de gols. Nem mesmo os sete minutos de acréscimos foram suficientes para o Tricolor buscar o empate.

Campeonato Brasileiro – 3ª rodada

Grêmio 0
Brenno; Rafinha (Vanderson), Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos (Ricardinho), Matheus Henrique (Léo Chu), Jhonata Robert (Jean Pyerre), Luiz Fernando (Maicon) e Ferreira; Diego Souza. Técnico: Tiago Nunes.

Athletico-PR 1
Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Zé Ivaldo; Marcinho (Khellven), Richard, Christian (Léo Cittadini) e Abner; Nikão (Terans), Vitinho (Carlos Eduardo) e Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira.

Gols: Matheus Babi (43min/1ºT)
Cartões amarelos: Ferreira, Maicon, Rafinha, Thiago Nunes e Matheus Henrique (G) e António Oliveira, Richard, Christian e Matheus Babi (A)
Cartões vermelhos: -

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Leonardo Pereira (MG)
Árbitro do VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG) e Marcus Vinícius Gomes (MG)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895