Grêmio perdeu apenas uma decisão por pênaltis em nove disputas na Arena
capa

Grêmio perdeu apenas uma decisão por pênaltis em nove disputas na Arena

Paulo Victor foi herói na conquista do Gauchão diante do Inter

Por
Correio do Povo

Paulo Victor defendeu três cobranças

publicidade

Uma barreira intransponível na marca da cal. É nisso que se transformou a Arena do Grêmio quando a decisão de uma partida vai para a cobrança dos pênaltis. Nessa quarta, o Grêmio conquistou o bicampeonato gaúcho ao bater o Inter por 3 a 2 nas penalidades máximas. Foi a oitava vitória do Tricolor em uma decisão por pênaltis no estádio em nove disputas.

A única vez que o Grêmio foi derrotado em uma disputa por pênaltis na Arena foi em 2014. Naquela ocasião, o Tricolor acabou derrotado pelo San Lorenzo na fase de oitavas de final da Libertadores da América por 4 a 2.

O título do Gauchão foi o segundo conquistado pelo Grêmio em disputa de pênaltis na sua casa. No ano passado, o Tricolor ganhou a Recopa Sul-Americana diante do Indepediente.

Se Dida e Marcelo Grohe foram heróis em outras vitórias, nessa quarta-feira Paulo Victor colocou seu nome na história do Grêmio. O goleiro pegou três cobranças, de Camilo, Cuesta e Nico López, e foi determinante para a título tricolor.

As disputas por pênaltis do Grêmio na Arena:

 

2013 - Libertadores: Grêmio 5 x 4 LDU

2013 - Gauchão: Grêmio 5 x 3 São Luiz

2013 - Copa do Brasil: Grêmio 3 x 2 Corinthians

2014 - Libertadores: Grêmio 2 x 4 San Lorenzo (única derrota)

2015 - Gauchão: Grêmio 6 x 5 Novo Hamburgo

2016 - Copa do Brasil: Grêmio 4 x 3 Atlético-PR

2018 - Recopa: Grêmio 5 x 4 Independiente

2018 - Libertadores: Grêmio 5 x 3 Estudiantes

2019 Gauchão: Grêmio 3 x 2 Inter