Grêmio sofre empate do Corinthians no fim e fica muito perto do rebaixamento

Grêmio sofre empate do Corinthians no fim e fica muito perto do rebaixamento

Empate em 1 a 1 praticamente inviabiliza permanência do Tricolor na Série A de 2022

Nicholas Lyra

Grêmio sofreu empate no fim e pode cair na segunda-feira

publicidade

O Grêmio precisava de um jogo sem erros para seguir com vida no Brasileirão. E, na tarde deste domingo, na Neo Química Arena, conseguiu isso até os 41 minutos do segundo tempo. A frustração veio com o gol no fim que acabou empatando a partida em 1 a 1 contra o Corinthians. Com o resultado, o Grêmio vai apenas a 40 pontos, segue no Z-4 e depende de combinação de resultados na quinta--feira para ficar na Série A.

O gol do Grêmio na partida foi marcado por Diego Souza. Aos 29, ele recebeu cruzamento de Ferreira da esquerda, ajeitou no peito e bateu na saída do goleiro Cássio. No fim, Renato Augusto, com um chutaço de fora da área, definiu a igualdade. O Grêmio volta a campo na quinta-feira, quando enfrenta o campeão brasileiro Atlético-MG, às 21h30min. A partida, válida pela 38ª e última rodada do Brasileirão acontece na Arena. 

Diego Souza dá esperanças ao Tricolor

O time que entrou em campo para a partida decisiva foi quase o mesmo que venceu o São Paulo na Arena. A principal alteração já havia sido adiantada pelo técnico Vagner Mancini na quinta-feira. Jhonata Robert, autor do golaço que fechou o placar, foi o escolhido para substituir o suspenso Douglas Costa, que recebeu o terceiro cartão amarelo na saída do campo, por atrasar a substituição.

Como era de se esperar, o jogo começou muito tenso na Neo Química Arena. Antes dos 20 minutos, o Grêmio já tinha feito dez faltas, contra nenhuma do Corinthians. E recebeu dois cartões amarelos, para Kannemann e Rafinha. O lateral Diogo Barbosa, depois de falta dura em Willian, escapou por erro da arbitragem. 

Quando o Corinthians se encontrou mais no jogo, levou muito perigo aos 31 minutos, com jogada nas costas da zaga. Ela chegou até Willian, que finalizou na trave. O bandeira flagrou impedimento, mas para sorte do Grêmio, ela não foi no gol. Caso isso acontecesse, o VAR provavelmente validaria, já que Kannemann parecia dar condições.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, veio o gol da esperança. Ferreira recebeu bola na esquerda, levou ao fundo e evitou a saída. Ele cruzou para Diego Souza que, matando no peito, tirou a marcação de Fabio Santos. Ela sobrou para ele tocar na saída de Cássio e fazer 1 a 0 para o Tricolor.

Antes do intervalo, com os ânimos ainda acirrados, um princípio de confusão. Jhonata Robert fez falta em Roger Guedes, que revidou. O zagueiro Geromel foi tirar satisfação e houve empurra-empurra. O árbitro deu um amarelo para cada lado, tirando mais um zagueiro do Tricolor da última partida - Kannemann também fica suspenso. Ainda assim, o juiz controlou a partida e não houve necessidade de cartão vermelho até o fim da etapa inicial.

Gol de Renato Augusto frustra

O técnico Vagner Mancini posicionou o Grêmio, pelo menos no início do segundo tempo, com as linhas mais baixas, dando muito campo ao Corinthians. Com isso, o alvinegro veio para o ataque, e jogou mais com Willian, um dos destaques dos donos da casa. Aos 6, ele trouxe da direita, limpou a marcação e bateu forte, obrigando Gabriel Grando a fazer grande defesa, espalmando para escanteio.

Aos poucos, no entanto, o Grêmio começou a voltar para a partida no segundo tempo. E contou, também, com uma certa displicência do Corinthians, especialmente do sistema defensivo. Ao errar saídas de bola em sequência, deu chances para o Grêmio matar o jogo, especialmente com Jhonata Robert, pela direita.

Aos 25 minutos do segundo tempo, Mancini botou o time mais atrás. Sacou Campaz, um pouco apagado da partida, e colocou o volante Villasanti. Também houve mudança no comando de ataque. Sacou o já cansado Diego Souza e colocou Borja. E o amarelado Rafinha, depois de mais uma falta deu lugar a Ruan. Já Vanderson entrou no lugar de Jhonata Robert.

No fim, veio o castigo por abdicar do jogo. Renato Augusto recebeu na intermediária aos 40 minutos e, com um chutaço, fulminou para o 1 a 1 sem chances para Gabriel Grando. Resultado deixou muito difícil a permanência do Grêmio na Série A, com o rebaixamento podendo ser confirmado na quinta-feira, caso a combinação necessária para escapar não aconteça. 

Veja Também

Campeonato Brasileiro - 37ª rodada

Corinthians 1

Cassio; Du Queiroz, João Victor e Gil; Fabio Santos, Xavier (Gabriel Pereira), Giuliano (Gustavo Mosquito), Renato Augusto e Willian (Luan); Roger Guedes e Jô (Vitinho). Técnico: Sylvinho

Grêmio 1

Gabriel Grando; Rafinha (Vanderson), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Matheus Sarará), Lucas Silva, Campaz (Villasanti), Ferreira e Jhonata Robert (Ruan); Diego Souza (Borja). Técnico: Vagner Mancini

Gols: Diego Souza (39/1T) e Renato Augusto (41/2T)

Cartões amarelos: Roger Guedes (Corinthians); Kannemann, Geromel e Rafinha (Grêmio)

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (SP)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895