Grêmio trabalha com Sarará improvisado, mas aguarda STJD para ter lateral Rafinha contra o São Paulo
patrocinado por

Grêmio trabalha com Sarará improvisado, mas aguarda STJD para ter lateral Rafinha contra o São Paulo

Tricolor encara o o time paulista na Arena e pode ser matematicamente rebaixado em caso de derrota

Correio do Povo / Rádio Guaíba

Por isso, o técnico Vagner Mancini trabalha com uma improvisação para o setor

publicidade

Como se já não bastasse o momento crítico e o rebaixamento iminente, o Grêmio ainda terá problemas para escalar o time contra o São Paulo, na Arena, às 20h, nesta quinta-feira, pela 36ª rodada do Brasileirão 2021. A menos que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) conceda efeito suspensivo, o lateral-direito Rafinha não poderá enfrentar os paulistas no jogo que pode matematicamente rebaixar o Tricolor para a Série B 2022. 

O jogador foi punido com suspensão pelos incidentes que aconteceram no confronto com o Palmeiras, na Arena. O mesmo jogo em que atos de vandalismo foram registrados no estádio. Na terça--feira, o departamento jurídico recorreu da punição e ainda não teve retorno do STJD. 

Pensando nisso, o técnico Vagner Mancini trabalhou com uma improvisação para o setor nos últimos dois treinamentos que antecedem o jogo. O outro lateral disponível, o jovem Vanderson, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é que o jovem Matheus Sarará apareça como opção, ou até mesmo o zagueiro Ruan e o meia Alisson. 

Com 36 pontos e distante seis da primeira equipe fora do Z4, a equipe gremista precisa de um "milagre" para se salvar. Em caso de derrota e vitória do Bahia contra o Atlético Mineiro, o Grêmio estará matematicamente rebaixado já na quinta. Se os mineiros vencerem, serão os campeões brasileiros. Entretanto, o sofrimento do Tricolor não se altera, pois se na sexta-feira o Athletico-PR pontuar contra o Cuiabá, sacramenta a queda gaúcha.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895