Grêmio vence o Athletico-PR por 1 a 0 e se garante na Libertadores 2021

Grêmio vence o Athletico-PR por 1 a 0 e se garante na Libertadores 2021

Com gol de Thaciano no segundo tempo, Tricolor assegura participação ao menos na fase prévia da competição continental

Correio do Povo

Gol de Thaciano garantiu vitória do Grêmio e vaga na Libertadores 2021

publicidade

O Grêmio até alcançou o único objetivo que lhe restava na temporada no Brasileirão, venceu o Athletico-PR por 1 a 0 e está classificado à Libertadores 2021. No entanto, a atuação foi, mais uma vez, na mesma toada do que apresentou ao longo de boa parte do ano. Pouco inspirado, segue preocupando o torcedor para as finais da Copa do Brasil. Ainda assim, as trocas de Renato para o segundo tempo funcionaram, e o Tricolor assegurou os três pontos na partida disputada na Arena, válida pela 37ª rodada. 

O único gol da partida foi marcado no segundo tempo. Em jogada com a participação de Churín, Thaciano anotou para o Grêmio, com dois atletas que saíram do banco para construir a vitória. 

Com o resultado, o Grêmio se garante ao menos na pré-Libertadores. Vai a 59 pontos e não pode mais ser alcançado pelo Santos, primeiro time fora da zona de classificação. Agora, busca vaga direta com o título da Copa do Brasil. O Tricolor volta a campo pela competição contra o Bragantino, fora de casa, às 21h30min, pela 38ª e última rodada do Brasileirão. 

Primeiro tempo pouco inspirado

O técnico Renato Portaluppi iniciou a partida com uma equipe bastante modificada. Kannemann retornou ao sistema defensivo, e conseguiu ser um dos poucos destaques na etapa inicial. No gol, Paulo Victor substituiu Vanderlei, e conseguiu fazer intervenções importantes quando requisitado. O meio ficou descaracterizado, com Lucas Silva, Darlan e Everton.

O Tricolor até começou melhor. Logo no primeiro minuto, após escanteio, o árbitro chegou a ouvir o VAR sobre um possível pênalti, mas a infração foi descartada. A melhor chance foi aos sete minutos, e sequer foi uma finalização propriamente dita. Após boa troca de passes, com uma trama que passou por vários jogadores, e sempre pela esquerda, Pepê cruzou do bico da grande área buscando Isaque. Ele pegou mal na bola, meio de ombro, e mandou para tiro de meta. 

A superioridade do Grêmio durou pouco. Após os primeiros bons 15 minutos, o Athletico-PR se encontrou em campo. Passou a ficar mais com a bola, e chegou com perigo algumas vezes à frente, especialmente com a velocidade de Nikão, que levou vantagem pessoal e acionou Leo Citadini com perigo em pelo menos três oportunidades. Kannemann conseguiu intervir na melhor delas, evitando o gol. 

Já o Grêmio foi pouco criativo ao longo de quase todo o primeiro tempo. Abusou das tentativas pela esquerda, em tramas que quase não resultaram em lances efetivos, especialmente acionando Diogo Barbosa e Isaque. Lucas Silva, por sua vez, se projetava à frente, mas também não contribuiu. Assim, a partida foi ao intervalo em 0 a 0. 

Thaciano entra e garante a vitória 

Para tentar modificar o cenário de pouca criação na etapa inicial, Renato Portaluppi modificou três peças logo na volta do intervalo. Saíram Darlan, Isaque e Everton, todos muito discretos, para as entradas de Thaciano, Jean Pyerre e Ferreira. 

As trocas melhoraram o meio campo do Grêmio, e o sistema ofensivo passou a levar perigo. Primeiro, com Jean Pyerre. O meia recebeu bola escorada e bateu colocado, da entrada da área, obrigando Santos a fazer grande defesa. Depois, passou a jogar mais pela direita, acionando Thaciano, que foi voluntarioso nas suas participações.

No entanto, mais uma vez o Grêmio apresentou problemas que vinha demonstrando nos últimos jogos. A equipe sentiu fisicamente e caiu de produção. Diego Souza, que até participou na primeira etapa, caiu de produção e foi sacado para a entrada de Churín. 

As substituições de Renato acabaram sendo fundamentais para construir a vitória. Após jogada que passou por Churín, a bola chegou até Thaciano que, em um lance estranho, de bate rebate. Mas ele garantiu a vitória Tricolor por 1 a 0, com um chute forte, que o goleiro Santos não alcançou. Na comemoração, a festa de quem está na Libertadores mais uma vez. 

Veja Também

Brasileirão 2020 - 37ª rodada

Grêmio 1

Paulo Victor; Victor Ferraz, Paulo Miranda, Kannemann e Diogo Barbosa; Darlan (Thaciano), Lucas Silva (David Braz), Everton (Ferreira), Isaque (Jean Pyerre) e Pepê; Diego Souza (Churín). Técnico: Renato Portaluppi

Athletico-PR 0

Santos; Jonathan (Khelven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian, Leo Cittadini (Bissoli), Jadson (Renato Kayzer) e Nikão; Carlos Eduardo (Vitinho). Técnico: Antônio Oliveira

Gol: Thaciano (31/1T)

Cartões amarelos: Darlan, Lucas Silva e Ferreira (Grêmio); Nikão (Athletico-PR) 

Cartões vermelhos: Thiago Heleno e Richard (Athletico-PR)

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 21/02, às 18h15min


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895