Grêmio visita o Corinthians em ambiente hostil para seguir vivo na luta contra o rebaixamento

Grêmio visita o Corinthians em ambiente hostil para seguir vivo na luta contra o rebaixamento

Tricolor precisa de vitória fora de casa neste domingo; paulistas esperam estádio lotado e revanche por queda em 2007

Correio do Povo

Grêmio espera ambiente hostil diante do Corinthians

publicidade

O Grêmio entra em campo neste domingo para o jogo mais importante do ano até aqui e um dos mais significativos em toda a história do clube. A partir das 16h, na Neo Química Arena, em São Paulo, o Tricolor enfrenta o Corinthians pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Afundado na zona de rebaixamento há 35 jogos, o time de Vagner Mancini precisa vencer o rival paulista para chegar no último confronto, diante do campeão Atlético Mineiro, com alguma chance de se manter na Série A. Se perder, estará praticamente selado o rebaixamento para a Série B. 

É uma tarefa difícil, complicada, mas não impossível. A vitória sobre o São Paulo na última quinta-feira deu uma sobrevida ao Grêmio. O problema é que além do bom time do Corinthians, o Tricolor terá de encarar um ambiente nada favorável e até certo ponto hostil. A torcida corintiana promete lotar o estádio e ajudar a derrubar o Grêmio para a segunda divisão pela terceira vez. A partida é encarada como uma espécie de revanche pela queda do Corinthians em 2007, quando o time paulista sofreu o rebaixamento para a Série B justamente no duelo com o Grêmio. 

“Vamos enfrentar o Corinthians e sua torcida, mas a torcida não vai jogar, é bom que a gente fale sobre isso”, ameniza Vagner Mancini. “Vai ser uma guerra”, acrescenta o treinador. O que não pode acontecer na Neo Química Arena é a repetição do que se viu em Salvador, na derrota por 3 a 1 para o Bahia, na qual o time teve uma atuação constrangedora. O objetivo é manter a vibração mostrada na partida com o São Paulo.

“Espero que a atitude e a entrega sejam as mesmas desta quinta-feira. Teremos mais dificuldades, mas vamos seguir acreditando, o Grêmio precisa desta vitória”, finalizou Mancini. O treinador não terá o atacante Douglas Costa, que recebeu o terceiro cartão amarelo de forma infantil no meio de semana e está suspenso. O jogador chegou a discutir com torcedores nas redes sociais por conta do episódio. Jhonata Robert, que marcou um golaço do meio de campo na quinta-feira será o substituto. Cortez pode retornar de suspensão, mas Diogo Barbosa foi bem contra o São Paulo e tem chances de seguir.

Campeonato Brasileiro - 37ª rodada 

Corinthians

Cássio; João Pedro (Roni), Gil, João Victor e Fábio Santos; Du Queiroz, Xavier, Renato Augusto e Gabriel Pereira; Roger Guedes e Jô. Técnico: Sylvinho

Grêmio

Chapecó; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Lucas Silva, Jhonata Robert, Campaz e Ferreira; Diego Souza. Técnico: Vagner Mancini

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP) 

Data e hora: 05/12, às 16h


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895