Hermann admite ter “perfil” para novo treinador do Grêmio, mas nega contatos

Hermann admite ter “perfil” para novo treinador do Grêmio, mas nega contatos

Vice-presidente de futebol reiterou que escolha do novo comandante será debatida ao longo dos próximos dias

Correio do Povo

Tricolor perdeu novamente no Brasileirão

publicidade

Após comunicar a demissão do técnico Tiago Nunes depois da derrota para o Atlético-GO, neste domingo, o vice-presidente de Futebol do Grêmio, Marcos Hermann, admitiu que a direção já traçou o perfil do novo escolhido, mas ainda não definiu nenhum nome para ser o substituto e assumir a equipe, que atualmente ocupa a lanterna do Brasileirão.

“Temos o perfil do novo treinador, mas nenhum nome. Começaremos a trabalhar nisso hoje de noite e no mais tardar amanhã pela manhã para definirmos. Nós temos um perfil sim e nesse sentido, Felipão é um grande técnico e tem identificação com o clube, mas temos que perguntar se ele quer treinar o Grêmio”, explicou o dirigente. “O processo de escolha do treinador pode ser rápido como pode não ser. Temos alguns nomes e vamos colocar eles na mesa.” 

O dirigente voltou a elogiar o trabalho de Nunes no dia a dia, mas lamentou os insucessos seguidos, que o leveram a demissão nesta noite. Hermann destacou a qualidade do grupo e também não negou um retorno do técnico Renato Portaluppi: “O Renato é um ícone do clube, sabemos disso e temos apreço, mas nós também não sabemos se ele quer voltar agora. Não vou abrir nomes, temos que fazer nosso tema de casa e definir”.

Hermann descartou problemas do vestiário com o treinador e enalteceu a qualidade dos atletas, que “se empenham no dia a dia”, conforme ele. “Agora teve uma fila na porta do vestiário, para se despedir do Tiago. Tive que ler muita coisa nessa semana de vestiário rachado, muito pelo contrário. Não podemos reclamar de disciplina, podemos reclamar de resultados.”

Reajuste de rota no Brasileirão

Pelo péssimo desempenho, o vice-presidente de Futebol praticamente abriu mão de qualquer pretensão de título no Brasileirão. "Título acredito que não, mas uma Libertadores, por que não?". Com somente dois pontos, em 21 disputados, e distante 4 pontos da 16ª posição, a situação gremista é dramática na competição nacional. Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Palmeiras, na quarta-feira, às 19h, em São Paulo. No sábado, o clássico Gre-Nal, às 16h30min, na Arena.  

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895