capa

Inter de Milão e Sampdoria brigam pela contratação de Kannemann

Time neroazuri estaria disposto a pagar multa rescisória, mas clube de Gênova poderá investir mais para ter defensor do Grêmio

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Kannemann é cobiçado pela Inter de Milão e pela Sampdoria

publicidade

Preocupado em aumentar o número de zagueiros no time, o Grêmio terá que lidar, nas próximas semanas, com o assédio de clubes europeus por Walter Kannemann. E a chance da sondagem se transformar em uma proposta concreta seria grande. A Internazionale de Milão e a Sampdoria estariam disputando a contratação do defensor argentino. 

Segundo informações do repórter Cristiano Silva, da Rádio Guaíba, o time de Milão estaria disposto a pagar a multa rescisória pelo jogador, o equivalente a 10 milhões de euros (R$ 43 milhões). Já o clube de Gênova, que desde novembro de 2018 demonstra intreresse em Kannemann, teria a intenção de ir além e pagar um valor superior à multa. 

• Grêmio pode perder dupla de zaga em até três partidas do Brasileirão 

A aproximação da Sampdoria ficou ainda mais evidente em abril, quando o clube retomou contatos com o empresário do zagueiro, Martín Wainbuch. O representante relatou aos dirigentes do time italiano o valor da rescisão e, a partir daí, o presidente da Sampdoria e também produtor cinematográfico Massimo Ferrero pediu a continuidade das tratativas e sugeriu uma oferta maior do que 10 milhões de euros. 

A direção segue atrás de um novo zagueiro para ao menos compor o elenco, já que a improvisação de Michel na defesa tem se mostrado insuficiente. David Braz, jogador que passou pelo Santos, seria o mais próximo da Arena. O atleta está emprestado ao Sivasspor, da Turquia, mas tem contrato encerrando com o clube turco no final deste mês. As conversas com o Santos estão adiantadas, já que o técnico Jorge Sampaoli não pretende contar com David no grupo.