Luciano é apresentado no Grêmio e se coloca à disposição para o jogo contra a Chapecoense
capa

Luciano é apresentado no Grêmio e se coloca à disposição para o jogo contra a Chapecoense

Atacante, autor de 15 gols na temporada, brincou e destacou primeiro gol como profissional marcado sobre o Inter

Por
Correio do Povo

Atacante marcou 15 gols na temporada e disse viver "melhor momento da carreira"

publicidade

O Grêmio apresentou, na tarde desta sexta-feira, o atacante Luciano. O jogador de 26 anos, que estava no Fluminense e marcou 15 gols na temporada, realizou exames, concedeu entrevista coletiva e já se colocou à disposição do técnico Renato Portaluppi para o jogo do Grêmio contra a Chapecoense, na segunda-feira, às 20h, na Arena.

Antes da pausa para a Copa América, Luciano estava treinando normalmente nas Laranjeiras. Portanto, tem condições físicas para jogar. Juridicamente, também, já que o seu nome foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na última quarta-feira. Agora, ele só aguarda o chamado do técnico Renato Portaluppi. “Tem que ver o planejamento do professor e da comissão técnica”, ponderou.

Para trazer o atacante, o Tricolor venceu a concorrência com o Atlético-MG. Pesou, segundo ele, o bom momento do Tricolor. “O Grêmio chega em todas, então optei por esse desafio. Fiquei feliz com o contato do Atlético, mas escolhei vir pra cá, e espero honrar essa camisa dentro de campo”, projetou.

Ao se “apresentar” para o torcedor, afirmou ter condições de atuar em todas as posições do meio pra frente, tanto pelos lados quanto na função de centroavante. E brincou com o primeiro gol feito como profissional. Em 2012, ainda pelo Atlético-GO, marcou pela primeira vez na carreira contra o Inter, na vitória do clube goiano por 3 a 1 sobre o agora rival.

Os números

Na entrevista, Luciano afirmou viver o melhor momento de sua carreira. Em 2019, marcou gols por quatro competições com a camisa do Fluminense: dois na Sul-Americana, dois no Campeonato Brasileiro, cinco na Copa do Brasil e seis no Campeonato Carioca, totalizando 15 na temporada. Com 31 jogos realizados, tem média de praticamente um gol a cada dois jogos no ano. 

Média essa que o faz definir o atual momento como a “melhor temporada” da carreira. “Espero fazer vários gols aqui esse ano e ajudar a equipe a conquistar os objetivos, com vários gols”, destacou. Como profissional, desde 2012, quando iniciou a carreira no Atlético-GO, ele já soma 54 gols em 219 jogos. Além do time goiano e do tricolor carioca, tem passagens por Avaí, Corinthians, Leganés, da Espanha, e Panathinaikos, da Grécia.