Maicon manifesta desejo de atuar em todos os jogos do Grêmio para garantir ritmo contra o Flamengo
capa

Maicon manifesta desejo de atuar em todos os jogos do Grêmio para garantir ritmo contra o Flamengo

No entanto, volante reconheceu a existência de problemas físicos e disse que, mesmo em condições, decisão está nas mãos de Renato

Por
Correio do Povo

Maicon esteve em campo no empate sem gols diante do Corinthians, no sábado

publicidade

Recuperado de lesão, o volante Maicon reafirmou a vontade de estar em campo na sequência de jogos que antecedem a decisão pela Libertadores, diante do Flamengo, no dia 23 de outubro. Antes do confronto semifinal, o Tricolor tem quatro compromissos pelo Brasileirão, com o objetivo de se consolidar na briga pelo G6 ou mesmo pelo G4.

Maicon esteve em campo nos dois últimos jogos do Grêmio. Entrou no fim da partida contra o Flamengo, pelo jogo de ida da Libertadores, participando da construção da jogada do gol de empate, marcado por Pepê. Contra o Corinthians, no domingo, atuou boa parte do confronto, dando lugar a Thaciano no segundo tempo.

O volante falou que pretende estar em condições para ajudar da melhor maneira possível, mas frisou que isso só ocorrerá se Renato Portaluppi achar que há condições físicas e técnicas para ele estar em campo. "Quero jogar todos os jogos. É o que eu mais quero fazer. Senti um pouco o cansaço, mas quero jogar para estar preparado para jogar contra o Flamengo", destacou.

O volante afirmou que, até sentir a lesão no jogo pela Libertadores, contra o Palmeiras, foi um dos atletas que mais entrou em campo na temporada. No entanto, disse que todos os atletas estão sujeitos a isso. "Não tinha tido lesão esse ano, mas a gente sabe que acontece, mesmo não querendo. Fiquei fora, mas voltei. Agora tenho que voltar a jogar para ter ritmo e atuar o máximo de tempo possível", comentou.

Dono da braçadeira de capitão durante boa parte da temporada, o jogador citou o revezamento recente da função. Nos últimos jogos, Geromel e Kannemann utilizaram a faixa. O volante minimizou a questão, e ressaltou a importância de outros jogadores mais experientes dividirem a liderança. "É bom compartilhar esse momento. Estamos aqui há bastante tempo, sabemos a importância disso. É diferente ser capitão de um time com a grandeza que tem o Grêmio", pontuou.

O próximo compromisso do Grêmio pelo Brasileirão é diante do Ceará, na quarta-feira, às 21h, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, em jogo válido pela 24ª rodada do Brasileirão. Isso porque a Arena recebe o show da banda Iron Maiden nesta quarta-feira.