Mancini vê necessidade de "muitos ajustes", mas elogia melhor nível de atuação do Grêmio

Mancini vê necessidade de "muitos ajustes", mas elogia melhor nível de atuação do Grêmio

Treinador ouviu vaias após o final do empate em 1 a 1 com o Juventude

Correio do Povo

Técnico ouviu vaias ao final do jogo

publicidade

O técnico do Grêmio, Vagner Mancini, reconheceu a necessidade de muitos ajustes a serem feitos na equipe após o empate em 1 a 1 com o Juventude, na noite deste domingo, na Arena, pelo Gauchão. Apesar disso, o comandante elogiou o crescimento no nível de atuação gremista em relação aos outros jogos do campeonato estadual diante de um "adversário mais qualificado". 

"Deveríamos estar jogando mais. Temos muitos ajustes ainda a serem feitos. Entretanto, vejo que melhoramos em alguns aspectos diante de um adversário melhor que os anteriores. Pecamos em alguns detalhes e erramos no lance do gol. Por outro lado, vimos um time que atacou com meias, volantes e atacantes, como gostamos", afirmou na entrevista coletiva. "Hoje vi um time que buscou o gol os noventa minutos. Tivemos várias oportunidades para saírmos na frente, mas infelizmente não deu certo. O goleiro adversário fez belas defesas e temos que saber valorizar isso", acrescentou. 

Ao final da partida, Mancini ouviu as primeiras vaias da torcida na arquibancada. Na avaliação dele, o torcedor é passional e tem o direito de protestar. "Não posso julgar o torcedor. Ele é passional, ele vem disposto a ver o que desenhou na cabeça. O time ganhando e jogando bem. A gente sabe que muitas vezes o ideal não acontece. O torcedor está no direito de querer e de exigir. Eu entendo que estamos evoluindo, mas a torcida pode ter outra opinião", pontuou. 

Com o final da pré-temporada neste domingo, Mancini indicou mudanças no time titular e uma escalão ideal definida para as próximas partidas. O lateral Nicolas, que veio do banco e marcou o gol de empate, pode estar entrando no time titular, indicou. "O time ideal ainda não foi visto. Temos briga interna de posição que ainda não foi selecionada. Temos uma gestão de grupo e não podemos ser injustos nesses trocas. O Nicolas novamente fez um bom jogo, está apto a atuar, a entrar desde o começo. O Villasanti também vem entrando bem nos jogos", explicou. 

Por fim, o treinador reconheceu que ver evolução, não significa estar satisfeito e que espera que o time jogue melhor cada vez mais. Atualmente, ele entende que a equipe não atua em nível para subir na Série B. Na próxima rodada, o Grêmio visita o União Frederiquense, em Frederico Westpalhen, na quarta-feira, às 19h30min. 

Veja Também

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895