"Nada definido", avalia Sotero sobre vantagem do Grêmio na Copa do Brasil

"Nada definido", avalia Sotero sobre vantagem do Grêmio na Copa do Brasil

Em razão dos desfalques pela Covid-19, analista de desempenho comandou o Tricolor na vitória de 2 a 0 sobre o Brasiliense

Correio do Povo

Analista de desempenho comandou o Grêmio nesta quarta-feira

publicidade

Com três infectados pela Covid-19 na comissão técnica, incluindo o treinador Tiago Nunes, o analista de desempenho Pedro Sotero foi o responsável por comandar o Grêmio na vitória desta quarta-feira, por 2 a 0, sobre o Brasiliense, pela Copa do Brasil. Na avaliação do comandante interino, apesar da vantagem, não está nada definido no confronto da terceira fase da competição.

"Foi um jogo muito difícil, um adversário que tinha uma proposta muito clara de se defender, aproveitar o contra-ataque e bolas paradas. Foi um bom resultado, mas não tem nada decidido e terá mais um jogo difícil lá em Brasília, precisamos trabalhar bem", disse em entrevista coletiva.

Apesar da circunstância infeliz, com a infecção dos colegas de comissão, a partida marcou a estreia de Sotero como treinador de uma equipe profissional. "A experiência de comandar a equipe é um privilégio, é um privilégio estar à frente de uma grande equipe. Fico feliz com o resultado".

Sobre as mudanças na escalação inicial, com Jonatha Robert, Paulo Victor e Cortez como titulares, o treinador reiterou que as decisões foram tomadas a partir de reuniões virtuais com Tiago Nunes. A opção pelo arqueiro se deu por sua experiência. Brenno está com a seleção olímpica “O Paulo Victor tem contrato com o clube, foi uma opção do Tiago, pois é um atleta experiente", explicou.

Na próxima quinta-feira, às 16h30min, o Grêmio vai até o estádio Mané Garrincha, em Brasília, para a partida de volta. O 2 a 0 no agregado permite que o Tricolor seja derrotado por até um gol de diferença. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895