"O nó tático foi hoje", afirma Renato sobre vitória do Grêmio
capa

"O nó tático foi hoje", afirma Renato sobre vitória do Grêmio

Treinador reforçou que Tricolor joga "melhor futebol do Brasil" e descartou subestimar rivais

Por
Correio do Povo

Treinador salientou estilo de jogar consolidado em três anos

publicidade

A goleada sobre o Santos, um dos protagonistas do Brasileirão renovou os motivos para o técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, se encher de confiança. Enfrentando um dos técnicos mais destacados da temporada, o gaúcho não deixou de alfinetar. "Posso falar que o nó tático foi hoje", comentou.

Depois disso, ele repetiu o discurso já de outras entrevistas coletivas. "Para mim, não é surpresa o Grêmio jogar bem. Quando falo que joga o melhor futebol do Brasil, acham que estou menosprezando outras equipes", enfatizou.

"Joga sim! E não escolhe adversário nem local", acrescentou o comandante gremista. Ao analisar mais aprofundadamente a partida, ele reconheceu que o começo teve problemas. "Não iniciamos muito bem na partida e o Santos teve duas ou três oportunidades para abrir o placar, mas o Paulo Victor fez grandes defesas", citou. "Nos encontramos no jogo, a equipe começou a jogar, aproveitar os espaços e tocar a bola. Assim, criamos situações de gols e fizemos três."

Renato repetiu que não vê soberba em elogiar o futebol do seu grupo. "O Grêmio não joga só bonito, joga para vencer. Não menosprezo ninguém. Flamengo, Santos, Athletico-PR estão jogando bonito", comentou. "Mas o Grêmio faz isso há três anos, com conquistas. Eu não estou menosprezando, estou elogiando e queria mais times grandes jogando este futebol brasileiro."