Pepê admite sentimento "ruim" no retorno do Grêmio ao Rio, mas garante: "Já passou"
capa

Pepê admite sentimento "ruim" no retorno do Grêmio ao Rio, mas garante: "Já passou"

Atacante pediu "virada de página" para o Tricolor e assegurou que grupo está totalmente focado na briga pela vaga na Libertadores via Brasileirão

Por
Correio do Povo

Grêmio tem vários desfalques, e Pepê deve ser titular na quarta-feira diante do Vasco

publicidade

Mesmo após a vitória sobre o Botafogo por 3 a 0, a lembrança segue viva. Nesta segunda-feira, o Grêmio já desembarcou novamente no Rio de Janeiro, dessa vez para o compromisso contra o Vasco, pela 29ª rodada do Brasileirão. Menos de uma semana depois, o Tricolor volta à cidade onde sofreu a goleada por 5 a 0 diante do Flamengo, que custou a eliminação na semifinal da Libertadores.

O jogador admitiu o sentimento ruim de voltar ao Rio de Janeiro após a goleada, mas citou a necessidade de "virar a página" após o ocorrido, pedindo foco total no Brasileirão para chegar ao objetivo, a vaga na Libertadores do ano que vem. "Infelizmente aconteceu, mas temos que manter a cabeça boa", declarou.

O Tricolor tem vários desfalques para a partida, especialmente no meio. Matheus Henrique, Maicon e Alisson não viajaram. Jean Pyerre e Luan seguem fora por lesão. Assim, a expectativa é que Pepê atue pela direita, com Everton aberto pela esquerda e Tardelli atrás de Luciano, como ocorreu na vitória diante do Botafogo. "Prefiro atuar pela esquerda, mas o Renato que vai decidir. Onde e se optar por mim, vou jogar", assegurou.

Ele garantiu a importância do trabalho de Renato ao "passar total confiança" ao grupo de jogadores, mesmo na ausência de alguns atletas considerados fundamentais para o elenco. "Deixou claro que quem tiver a oportunidade precisa estar preparado. Temos que mostrar nosso trabalho", projetou.

O Grêmio enfrenta o Vasco, no Rio, às 21h30min de quarta-feira, no Estádio São Januário, em jogo válido pela 29ª rodada. No domingo, às 18h, recebe o Inter na Arena. No momento, o Tricolor ocupa a 7ª colocação, com 44 pontos, um a menos que o Corinthians, primeira equipe dentro do G6.