Presidente do Grêmio alerta que pior cenário é “jogar a toalha” e pede a confiança da torcida

Presidente do Grêmio alerta que pior cenário é “jogar a toalha” e pede a confiança da torcida

Romildo Bolzan destacou que a avaliação da direção é que é possível reverter a situação com o técnico e com o grupo

Correio do Povo

Presidente Romildo Bolzan pede união de todos do clube e a torcida para superar o momento

publicidade

O presidente Romildo Bolzan destacou durante a coletiva realizada na tarde desta sexta-feira que acredita plenamente na retomada das vitórias e dos bons resultados com o técnico Renato Portaluppi e com o atual grupo de jogadores. O mandatário gremista ressaltou que o pior cenário possível é jogar a toalha e que o trabalho para superar o momento será triplicado por todos do clube.

“Essa situação é momentânea e não vai ficar permanentemente. Confio nisso por uma razão muito simples: temos um elenco que vai dar a volta por cima. Um treinador capaz de dar a volta por cima e, sinceramente, o pior diagnóstico é jogar a toalha. Estamos todos juntos no sentido de elevar a moral, do nível de confiança do grupo e da comissão técnica. E, principalmente, temos a avaliação que o cenário que temos é um cenário de plena recuperação. Acredite a torcida nisso. Estamos convencidos que o melhor é ficarmos como estamos e vamos passar por isso”, afirmou o presidente.

Bolzan também revelou que a pressão externa feita pelas redes sociais não chega até o vestiário do Grêmio. “Não são momentos como esses, que todos anos ocorrem, que irão manchar tudo que fizemos. Não vamos deixar de fazer as nossas autocríticas, reconhecer os nossos erros. Essa semana é muito relevante, pois temos o jogo contra o Palmeiras, Gre-Nal pela Libertadores, e enfrentamento contra o Atlético-MG. Vamos juntos fazer a virada disto tudo. Temos absoluta confiança no que está sendo feito no futebol. No plantel, na comissão técnica e no Renato”, assegurou.

O presidente ressaltou ainda que ninguém no Grêmio “está dormindo nos louros das vitórias ou gozando com as vitórias que foram construídas nos últimos quatro anos”.  “É um legado importante e um fato relevante. O Grêmio é um clube vitorioso, mas também sabemos que para manter temos que triplicar o trabalho. Desta forma que encaramos este momento. Ninguém tem que baixar a cabeça. O que nos conduziu até este momento com vitórias é a união plena do clube, do futebol e do torcedor”, concluiu.

• Confira a coletiva do presidente Romildo Bolzan


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895