Protesto no CT do Grêmio tem confronto entre torcedores e Brigada Militar

Protesto no CT do Grêmio tem confronto entre torcedores e Brigada Militar

Grupo atirou pedras em direção ao ônibus da delegação tricolor

Correio do Povo

Protesto terminou em confusão no CT do Grêmio

publicidade

Um grupo de torcedores do Grêmio protestou na tarde desta quarta em frente ao CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, durante a reapresentação do grupo. Se no começo apenas cânticos da torcida eram ouvidos pedindo garra e determinação aos jogadores em razão do mau momento da equipe, tudo mudou quando o ônibus da delegação se aproximou do local e diversas pedras e rojões foram arremessados em direção ao veículo. A Brigada Militar interviu com o uso de bombas de efeito moral.

Durante a manifestação, os torcedores também espalharam cartazes na avenida com dizeres como "Fora Hermann e todos vices", "Ferreira Mercenário", "Procura-se Romildo" e "-Pagode + Futebol".

Após três dias de folga, os atletas se reapresentarem nesta quarta, já sem o meia Maicon, um dos principais líderes do elenco, que rescindiu o contrato. O time terá 11 dias de trabalho porque só vai voltar a jogar em 12 de setembro, quando recebe o Ceará, na Arena, já pela primeira rodada do returno do Brasileirão.

Com 16 pontos conquistados em 17 jogos, o Grêmio ocupa atualmente a 18ª colocação da tabela. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895