Renato admite dependência de Maicon no Grêmio

Renato admite dependência de Maicon no Grêmio

Tricolor caiu de produção e sofreu a virada na segunda etapa, após a saída do volante

Correio do Povo

Renato lamentou derrota para o São Paulo neste domingo, na Arena

publicidade

O técnico Renato Portaluppi admitiu a dependência do volante Maicon para a equipe do Grêmio, após a derrota para o São Paulo pelo placar de 2 a 1 na noite deste domingo. Com a substituição do jogador, o time caiu de produção e sofreu a virada. 

Por conta das recorrentes lesões e da idade, Maicon não consegue atuar os 90 minutos. Na avaliação de Renato, o time não possui outro jogador com as mesmas características. "Ele vem sofrendo, estava com a perna pesada. Poderia ser arriscado deixar ele em campo. Mas não podemos ficar tão dependentes dele", admitiu.

Veja Também

O treinador evitou falar na especulação surgida em Minas Gerais durante a semana, sobre uma eventual saída para o Atlético-MG na próxima temporada. Destacou que os objetivos, agora, são terminar o Brasileirão e conquistar a Copa do Brasil. "Depois disso, vou conversar com o presidente. Vamos ver o que vai acontecer, mas só depois da final", destacou.

Na avaliação dele, a equipe cometeu muitos erros que não poderiam acontecer em um confronto direto pelo G-4. E não garantiu ninguém na equipe titular visando a final da Copa do Brasil. "Deixei bem claro para todos que não há lugar seguro na equipe. As próximas partidas vão decidir quem vai começar contra o Palmeiras", frisou.

O Grêmio volta a campo para enfrentar o Athletico-PR, no domingo, às 18h15min. A partida é válida pela 37ª rodada acontece na Arena.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895