Renato avalia que faltou tranquilidade ao Grêmio para aproveitar expulsões

Renato avalia que faltou tranquilidade ao Grêmio para aproveitar expulsões

Treinador apontou cruzamentos distantes da área e falta de jogadas de fundo como problemas

Correio do Povo

Treinador salientou competitividade do Tricolor em todas as competições

publicidade

O técnico Renato Portaluppi valorizou o ponto somado fora de casa pelo Grêmio, mas lamentou a oportunidade perdida de grudar nos líderes. "Faltou tranquilidade na hora de construir as jogadas", analisou o comandante gremista, ao diagnosticar o motivo para o time não aproveitar a vantagem de dois homens em campo, com as expulsões do Corinthians.

"Tinha dois a mais, pressionamos, fiz as substituições para colocar o time para a frente", apontou. "Tem que dar os méritos ao Corinthians que soube se defender, mas não é desculpa. Tentamos lançar muitas bolas na área, o que facilitou para o adversário", sublinhou Renato.

Veja Também

Mais grave, para o treinador, foi a falha defensiva no fim do jogo, que quase resultou em um improvável gol corintiano. "Com dois jogadores a mais, o time adversário não pode nem chegar perto da nossa área, ainda mais num lance que o Vanderlei precisa fazer uma grande defesa. Mas isso nós vamos conversar e rever com o grupo", ponderou.

Os dois pontos que escaparam, contudo, não preocupam Renato na matemática da campanha. "A gente continua na luta, próximos às equipes que estão entre os cinco primeiros. São 5 pontos atrás, mas um jogo a menos. O Grêmio está andando muito bem nas três competições", frisou.

"Ganhamos um ponto contra o Corinthians. Não estamos nos descuidando nem do Brasileiro, nem da Copa do Brasil, nem na Libertadores", citou Renato. "Na Copa do Brasil, estamos a quatro jogos de sermos campeões. Tem muita coisa, mas estamos ali. O Grêmio é grande, há dificuldades muito grandes, mas a cada rodada vamos encostando nos líderes."


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895