Renato banca Grêmio entre os candidatos ao título do Brasileirão

Renato banca Grêmio entre os candidatos ao título do Brasileirão

Técnico desafiou críticos a aguardarem até o fim do primeiro turno

Correio do Povo

O treinador considera o seu time candidato ao título da principal competição nacional e pediu tempo para qualquer tipo de previsão.

publicidade

Os cinco jogos com uma vitória e quatro empates geraram críticas por parte da imprensa e da torcida sobre o rendimento da equipe nas rodadas iniciais Campeonato Brasileiro. Elas não foram bem aceitas pelo técnico Renato Portaluppi. O treinador considera o seu time candidato ao título da principal competição nacional e pediu tempo para qualquer tipo de previsão.

“Respeito a opinião de todo mundo, mas gostaria de perguntar para esses gênios, os motivos das críticas? O Grêmio empatou quatro jogos e, em todos, merecia ter vencido. Não vencemos, mas fizemos das cinco, três jogos fora de casa. Todos foram pedreiras. O Inter, que é o líder, está a cinco pontos da gente. O segundo colocado está a três pontos e o terceiro a dois. Críticas para o meu grupo? Elas não entram no meu grupo e tenho elogiado todos os dias”, rebateu.

Pouco antes do início da decisão do Gauchão, o técnico defendeu o time e fez uma provocação e um desafio para os críticos. “Estamos em mais uma final e muito bem no Brasileiro. Estou cheio de ver cavalos paraguaios por aí. Quero ver na reta final. Na chegada. Não tenho dúvida que meu grupo vai brigar pelo título”, bancou. “Lá na 15ª ou 16ª rodada, vamos conversar sobre isso.” 

Possibilidade de recorde

Se não perder em Caxias do Sul, Renato quebrará seu próprio recorde no clube, 15 partidas sem derrotas. Em 2011, ele já havia ficado o mesmo número de jogos sem derrotas. Se conseguir superar o recorde, passará a focar os 20 jogos sem derrotas obtidos por Ernesto Guedes, em 1992, e Tite, em 2001.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895