Renato cobra uso do VAR e elogia Grêmio após empate

Renato cobra uso do VAR e elogia Grêmio após empate

Evitando críticas diretas ao árbitro, técnico destacou que equipe vem crescendo na reta final do primeiro turno do Brasileirão

Correio do Povo

Renato evitou criticar diretamente o árbitro do jogo, mas atacou chefe de arbitragem da CBF

publicidade

Logo após uma partida em que o Grêmio deixou o gramado reclamando de dois pênaltis não marcados, o técnico Renato Portaluppi evitou comentários acerca da arbitragem do empate sem gols com o São Paulo, na noite deste sábado. Ele preferiu destacar a atuação da equipe que, segundo ele, poderia ter saído com a vitória do Morumbi: “Preparei uma estratégia que deu certo”. 

Após muita insistência, Renato questionou apenas a não utilização do VAR em lances de dúvidas: “Se tem o VAR, o VAR tem que ser usado”. O time gaúcho reclamou de pênaltis não marcados em lances em Pepê e Pedro Geromel, um em cada tempo. 

O técnico gremista propôs uma espécie de desafio ao chefe de arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba.
“Eu gostaria de ter uns dez treinadores e, num programa ao vivo, que todo mundo pudesse ver, junto com o Gaciba. O Gaciba iria explicar alguns lances e a gente perguntar”, disse. “Vem ao vivo, onde não pode ser cortado nada, e vamos conversar.” 

Veja Também

Apesar da bronca com a arbitragem, sobre o futebol dentro de campo, Renato gostou do que viu: “Dominamos praticamente 90% da partida”, salientou Renato, que vê o time em evolução. “O Grêmio vem crescendo a cada partida”, afirmou. Essa evolução, apontou ele, se dá por conta dos reforços que vem recebendo do departamento médico. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895