Renato dedica vitória a Maradona e pede que Grêmio "esqueça vantagem" no jogo de volta

Renato dedica vitória a Maradona e pede que Grêmio "esqueça vantagem" no jogo de volta

Treinador usou camisa 10 da Seleção Argentina na beira do gramado do Defensores del Chaco na vitória por 2 a 0 sobre o Guaraní

Correio do Povo

Grêmio venceu pelo placar de 2 a 0 em noite de homenagens a Maradona

publicidade

O Grêmio encaminhou a vaga às quartas de final da Libertadores 2020. Bateu o Guaraní do Paraguai pelo placar de 2 a 0, com gols de Pepê e Jean Pyerre, e ficou perto da classificação. Mas a noite ainda foi de homenagens a Diego Armando Maradona, ídolo argentino morto aos 60 anos nesta quarta-feira

O técnico Renato Portaluppi utilizou uma camisa da Seleção Argentina, com o número 10 e o nome de Maradona às costas. Dedicou a vitória ao craque e desejou forças aos familiares. "Perdi um grande amigo, e o mundo perdeu um gênio, uma lenda. Hoje é um dia que eu estou muito triste", comentou.

O treinador do Grêmio evitou projetar o confronto de volta, e frisou que, agora, o foco passa a ser o duelo contra o Goiás, na segunda-feira, pelo Brasileirão. "Vamos esquecer a vantagem conquistada no Paraguai. Na volta, temos mais 90 minutos. Mas só vamos pensar nisso a partir de terça-feira", projetou.

No jogo de volta, o Grêmio pode até perder por um gol de diferença que avança às quartas da Libertadores. O duelo acontece na próxima quinta-feira, às 21h30min, na Arena. Antes, o Tricolor enfrenta o Goiás, na segunda-feira, às 18h, pelo Brasileirão. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895