Renato pede que grupo do Grêmio tire "lição" após susto contra CSA
capa

Renato pede que grupo do Grêmio tire "lição" após susto contra CSA

Irritado com atuação abaixo em comparação ao Gre-Nal, técnico reconheceu falta de entrega, mas destacou vitória e ingresso no G4 do Brasileirão

Por
Correio do Povo

Maicon teve boa atuação diante do CSA

publicidade

O técnico Renato Portaluppi reconheceu a má atuação do Grêmio diante do CSA, na noite desta quarta-feira, e não deixou de falar no momento de desatenção que quase custou a vitória. Aos 44 minutos do segundo tempo, sofreu o gol de empate, mas encontrou um gol contra nos acréscimos para vencer pelo placar de 2 a 1 e garantir o ingresso no G4 do Brasileirão mesmo com o susto no fim.

Renato disse que esperava as dificuldades diante do CSA, mas reconheceu que a equipe não pode "dar mole", ainda mais depois da boa atuação no clássico Gre-Nal. Reconheceu os méritos da equipe de Argel, mas disse que a equipe não estava focada no jogo. "Que sirva de lição. Dos males o menor, porque conseguimos nosso objetivo. Mas fomos abaixo daquilo que poderíamos ter feito. O mais importante foram os três pontos", frisou.

Questionado sobre onde a equipe errou, foi enfático ao afirmar que os problemas apareceram "desde o primeiro minuto", que já havia chamado a atenção do time desde o aquecimento, e admitiu ter dado bronca no vestiário. "Já absorveram. Quando eles baixam a cabeça, sabem que erraram. Não teve entrega total, mas converso com eles, e o grupo é bom, inteligente", reconheceu.

Apesar da derrota, Renato também reconheceu os méritos de seu novo setor ofensivo, modificado após a eliminação para o Flamengo na Libertadores. Com o ingresso de Luciano e Tardelli, marcou 10 gols em 4 jogos, vencendo todas as partidas disputadas desde então. "O ataque tem se comportando muito bem. Não posso ter somente 11 jogadores, alguém vai ficar de fora e tem que estar preparado. Mas todos estão de dedicando para quando estiver a oportunidade. Quem se escala é o jogador", ponderou.

Para a partida contra a Chapecoense, no fim de semana, Renato pediu atenção, e disse que irá exibir os vídeos das duas últimas partidas, diante do CSA e do Inter, para mostrar o aspecto do foco nos dois jogos. "Se jogarmos assim, não vamos ficar no G4. Então quero mostrar pra eles decidirem o que eles querem. Não tivemos o mesmo foco que tivemos no Gre-Nal", alertou.

Mesmo com o susto, o Grêmio garantiu a vitória e o ingresso no G4, subindo para a 4ª colocação e passando para 53 pontos. Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta a Chapecoense, fora de casa, na Arena Condá, no domingo, às 19h, em jogo válido pela 32ª rodada do Brasileirão.