Renato Portaluppi espera “bom senso” da CBF para não convocar Everton
capa

Renato Portaluppi espera “bom senso” da CBF para não convocar Everton

Direção afirma que não recebeu comunicados sobre a possibilidade do atacante e de Kannemann serem convocados

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Grêmio espera que a CBF tenha bom senso e não convoque Everton para os amistosos da Seleção em setembro

publicidade

Considerado por muitos como o principal jogador da Seleção Brasileira na Copa América, Everton chances de ser convocado pelo técnico Tite para os amistosos de setembro. Caso isso ocorra, se o Grêmio confirmar a vaga na grande decisão da Copa do Brasil, o atacante ficaria fora da primeira partida, no dia 11 de setembro. Como levou o terceiro amarelo onte, ele já não joga a volta contra o Furacão, no dia 4 de setembro, na Arena da Baixada. Com a possibilidade de não ter seu principal jogador, após a vitória sobre o clube paranaense, Renato Portaluppi pediu “bom senso” para a Confederação Brasileira de Futebol.

“A minha opinião continua a mesma. Não colocar nenhum jogador que está nessas competições. Deve ficar aqui com a gente para se preparar para os jogos importantíssimos que temos. É um problema da CBF e do Grêmio. Da diretoria. Eles conversam e que se entendam”, revelou o incomodado treinador.

A direção gremista não crê que a CBF irá desfalcar os clubes que estão na competição, principalmente, depois de ter marcado partidas decisivas em datas Fifa. O vice de futebol, Duda Kroeff, revelou que até o momento nem a entidade que organiza o futebol brasileiro ou a AFA entraram em contato com o Grêmio para informar sobre uma possível negociação.

“Confio totalmente na CBF. Ela não cometeria este erro. Qual o motivo da CBF convocar jogadores envolvidos nas semifinais da Copa do Brasil? Quanto ao Kannemann, dá para fazer um apelo junto a AFA (Federação Argentina de Futebol) para uma liberação em caso de convocação”, revelou.

A convocação ocorre na próxima sexta-feira, às 10h, na sede da CBF. O Brasil enfrenta a Colômbia no dia 6, no Hard Rock Stadium, em Miami, na Flórida. Quatro dias depois, pega o Peru no Los Angeles Memorial Coliseum, em Los Angeles, na Califórnia.

Adiamento negado pela CBF

Kroeff revelou ainda a proposta do Grêmio para adiar a partida contra o Athletico-PR, pelo Brasileiro, no dia 24, como ocorreu com o Palmeiras. A CBF negou o pedido gremista, que visava ter uma semana de folga antes do segundo confronto pelas quartas da Libertadores, e aprovou o do clube paulista, que disputa a vaga com o Tricolor para as semifinais. “Sugerimos datas lá em novembro para que houvesse equiparação… Vamos jogar uma partida importantíssima e só queríamos o mesmo tratamento que eles. Só isso. Não tá dando, por enquanto”, lamentou.

O Grêmio volta aos trabalhos nesta quinta-feira, às 15h. Na sexta, às 9h30min, ocorre a última atividade antes da partida contra o Palmeiras, na Arena. O jogo está marcado para domingo, às 21h, pela 15ª rodada do Brasileiro.