capa

Renato rebate críticas às substituições: "Faria de novo"

Treinador defendeu a escalação de André e a manutenção da figura do centroavante de área no time titular

Por
Correio do Povo

Renato defendeu figura do centroavante de área no time titular

publicidade

Após o empate do Grêmio em 1 a 1 diante do Bahia, no jogo de ida pelas quartas de final, o técnico Renato Portaluppi rebateu as criticas às substituições feitas por ele na noite desta quarta-feira. A torcida chegou a vaiar a troca dupla, quando Jean Pyerre e Alisson deixaram o campo para a entrada de Luan e Pepê.

Novas vaias foram ouvidas quando André deixou o campo para a entrada de Vizeu, mostrando a insatisfação da torcida com o centroavante titular. O técnico Renato Portaluppi rebateu as críticas sobre as trocas. "O torcedor tem todo o direito de se manifestar. Mas faria de novo", destacou. 

O técnico frisou que vem dando chances para todos no grupo. Declarou que quem se escala é o jogador, conforme os treinamentos. Disse que, do outro lado, há equipes que "também querem ganhar", e elogiou o Bahia. "O problema é que tomamos um gol, aí acham que está tudo errado".

Sobre a questão do centroavante, Renato admitiu a preferência pela figura deste jogador em campo, e citou a escassez vivivida na posição. "A Seleção Brasileira não tem esse jogador. Depois de ter Romário, Ronaldo, hoje não tem esse jogador. Nós temos dois", disse, se referindo a André e Vizeu. 

Renato elogiou a atuação do centroavante André, apesar das críticas. "Na minha concepção, o meu time jogou bem. Inclusive o André. Tivemos a queda no fim de jogo porque perdemos um jogador", declarou. 

O treinador citou que nada está decidido, e que o Grêmio irá buscar o resultado na condição de visitante, em jogo na próxima quarta-feira, 17 de julho. "Na Bahia tem mais 90 minutos. Vamos decidir nossa classificação lá", frisou Renato.