Renato se despede do amigo Maradona: "Vai estar sempre no meu coração"

Renato se despede do amigo Maradona: "Vai estar sempre no meu coração"

Treinador do Grêmio agradeceu ao ídolo argentino pela amizade e desejou forças aos familiares

Correio do Povo

Técnico prestou sua homenagem no final desta quarta-feira

publicidade

Emocionado, o treinador do Grêmio, Renato Portaluppi, prestou uma homenagem ao amigo e ídolo argentino, Diego Maradona, que faleceu nesta quarta-feira, aos 60 anos, após uma parada cardiorrespiratória.

"O mundo perdeu um gênio, uma lenda, um jogador extraordinário. Começamos uma amizade muito linda na Itália quando eu atuava lá. Hoje é um dia muito triste. A gente acha que as lendas nunca morrem e para mim ele não vai morrer. É uma pessoa de outro planeta dentro e fora do campo. Desejo meus sentimentos aos familiares", disse aos canais oficias do Tricolor. 

Em sua mensagem, o técnico gremista também recordou uma "cena" entre os dois que lhe marcou e retratou a relação de amizade entre ambos. "Me emocionou muito quando ele se ajoelhou na minha frente em um jogo beneficiante do Zico e fez assim (ovacionando), depois de cumprimentar todo mundo. Foi um gesto de carinho, guardo com muito apreço aquela imagem pela amizade que nós tínhamos", afirmou. 

Por fim, Renato voltou a resumir Maradona como um gênio e agradeceu pelas "resenhas".  "Vá em paz meu amigo, tive muito orgulho de ser seu amigo, de dar risadas com você, ter jogado com você e de ter compartilhado com você bons momentos. Você estará sempre no meu coração".

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895