Romildo Bolzan Jr critica protesto da torcida do Grêmio: “Aconteceu um crime”

Romildo Bolzan Jr critica protesto da torcida do Grêmio: “Aconteceu um crime”

Presidente admitiu ter sido orientado a não ir ao CT na tarde desta quarta-feira

Correio do Povo

Romildo se manifestou após protesto na quarta-feira, no CT Luiz Carvalho

publicidade

Em entrevista à Rádio Guaíba nesta quarta-feira, o presidente Romildo Bolzan Jr. criticou a forma como a torcida do Grêmio protestou no CT Luiz Carvalho, nesta quarta-feira. Torcedores entraram em confronto com a Brigada Militar e quatro carros de funcionários do clube foram danificados. Ao menos duas pessoas foram presas, segundo a Guaíba. O presidente classificou como “covarde” a manifestação e disse ser inadmíssivel ações que coloquem em risco à integridade de terceiros. “Aconteceu um crime. Pode contestar, pode cobrar. Mas isso não se faz”, criticou. Em nota, o Grêmio repudiou o protesto.

Ele admitiu ter sido aconselhado a não comparecer no CT Luiz Carvalho na tarde desta quarta-feira. O presidente teria sido informado, ainda, que a manifestação seria pacífica.

Romildo relatou que todas as providências serão tomadas pelo Grêmio, na busca de um comportamento exemplar. O clube irá levar o caso ao Juizado do Torcedor e buscar as reparações nas esferas civil e criminal. "Todo o contexto será levado ao Judiciário. As pessoas envolvidas precisam sair definitivamente do futebol", frisou.

Na mesma linha da manifestação do lateral Rafinha, o presidente disse que a indignação é justa, e que aceita as cobranças, desde que não ultrapassem o limite. "Não tem problema, as faixas. Podem cobrar. Desde que não perca a civilidade", admitiu.

A manifestação no CT Luiz Carvalho trouxe prejuízos para funcionários. Quatro veículos foram danificados, sendo dois de trabalhadoras da cozinha, um de membro da comissão técnica, e um de segurança.

O Grêmio terá tempo para se preparar para a próxima partida. Só volta a campo no dia 12 de setembro, quando enfrenta o Ceará, às 11h. A partida, válida pela 20ª rodada do Brasileirão, acontece na Arena. 

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895