Romildo Bolzan relata perda do paladar durante quarentena pela Covid-19
capa

Romildo Bolzan relata perda do paladar durante quarentena pela Covid-19

Presidente do Grêmio está em Osório, onde faz a sua recuperação

Por
Correio do Povo

Romildo relatou perda do paladar como um dos sintomas da Covid-19


publicidade

Em quarentena após ter testado positivo para o novo coronavírus, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, relatou hoje, em entrevista ao repórter Cristiano Silva, da Rádio Guaíba, que tem sentido sintomas leves da doença. No entanto, o dirigente comentou que notou a perda do paladar. Apesar do efeito,  disse que está bem. A recuperação dele está sendo feita na cidade de Osório, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 

Romildo pode ter contraído o vírus em um jantar de confraternização entre Grêmio e Inter, na véspera do Gre-Nal válido pela Libertadores da América. Além dele, outros dois dirigentes do Tricolor estão com a Covid-19: os integrantes do Conselho de Administração do Grêmio Marco Bobsin e Cláudio Oderich. 

A ausência de paladar referida por Romildo é um dos sintomas que alguns otorrinolaringologistas têm alertado em relação à Covid-19. 


Enquanto está em quarentena, Romildo ainda precisa lidar com outras preocupações. O Grêmio deverá dar férias coletivas para todo o quadro funcional. Segundo o repórter Rafael Pfeifer, o tema será discutido com o Sindicato dos Atletas e com o Sindicato dos Empregados em Clubes Esportivos.