Romildo convoca torcida para o duelo contra o Athletico-PR
capa

Romildo convoca torcida para o duelo contra o Athletico-PR

Presidente também voltou a pedir tratamento igualitário dado ao Palmeiras em relação a troca de datas do Brasileirão

Por
Correio do Povo

Presidente falou sobre calendário e convocou a torcida para o jogo desta quarta-feira, na Arena

publicidade

O presidente Romildo Bolzan convocou a torcida para a partida contra o Athletico-PR, na semifinal da Copa do Brasil. O jogo de ida acontece na Arena, nesta quarta-feira, às 21h30min, e pode abrir caminho para o Grêmio voltar à decisão da competição, três anos depois. A expectativa de público é de mais de 42 mil pessoas. 

Em sua fala, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, Romildo "conclamou" a torcida para que sejam "solidários" ao grupo, ajudando a conquistar um bom resultado no jogo de ida. "Estou convocando para que a torcida e o Grêmio sejam uma unidade só, e todo mundo seja solidário com o elenco para conseguir a vitória. Estou pedindo para que a torcida crie um ambiente extremamente positivo para nós", pediu o presidente.

O presidente também voltou a pedir tratamento igualitário em relação a outro jogo contra o Athletico-PR, válido pelo Brasileirão, e que inicialmente está marcado para sábado, 24 de agosto, antes do jogo contra o Palmeiras, pela Libertadores. A equipe paulista obteve o adiamento do seu jogo, diante do Fluminense, pela mesma rodada, para o mês de setembro. O Grêmio ainda aguarda decisão da CBF quanto à decisão.

Segundo Romildo, o Grêmio ainda não recebeu nenhuma comunicação oficial quanto ao pedido já feito. "O Grêmio fez uma manifestação por escrito, e entendemos que há um privilégio (em favor do Palmeiras). Queríamos que isso fosse estendido a nós. Sugerimos duas datas, e ainda não recebemos nada oficialmente. Vamos buscar nosso posicionamento por tratamento igualitário", solicitou.

O presidente também confirmou o acordo com o Athletico-PR em relação aos ingressos para as duas partidas. Os torcedores paranaenses terão 2.200 ingressos na Arena, e a mesma carga será destinada ao Grêmio na partida de volta, na Arena da Baixada. Isso porque, conforme determinação do Ministério Público do Paraná, os torcedores visitantes não podem comparecer a Arena da Baixada identificados com as camisas dos clubes. 

Everton

Questionado sobre Everton, o presidente afirmou que tanto clube quanto jogador "têm expectativas" quanto à chegada de propostas mas que, até o momento, não há propostas para avaliar. "Existem muitas sondagens. Por tantas consultas, imaginamos que vai chegar alguma coisa oficial. Mas isso faz parte desse tipo de negócio", afirmou.