Romildo esclarece negociações do Grêmio por Pedro e Caio Henrique
capa

Romildo esclarece negociações do Grêmio por Pedro e Caio Henrique

Presidente do Tricolor negou qualquer preferência do Atlético de Madrid por jogadores do clube gaúcho na negociação com o lateral

Por
Correio do Povo

Presidente também comentou sobre busca por goleiro

publicidade

Em entrevista ao programa Concentração, da Rádio Guaíba, na manhã desta sábado, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr. afirmou que o clube "não tem acerto qualquer com a Fiorentina e não tem qualquer acerto concreto" com o atacante Pedro, jovem de 22 anos cotado para o comando de ataque do Tricolor para a temporada. "A informação que nos foi passada é que a Fiorentina só tem interesse em uma venda, o que já coloca o Grêmio fora dessa negociação", explicou o dirigente.

Sobre o lateral-esquerdo Caio Henrique, Romildo disse que "o Grêmio tem, sim, interesse por esse jogador". Contudo, ele nega qualquer cláusula em contrato que dê preferência ao Atlético de Madrid em caso de interesse por jogadores do time gaúcho. Também negou qualquer contato do Atlético de Madrid por pelo atacante Everton, apesar de o interesse ser veiculado pela imprensa espanhola.

"O Grêmio está atrás de um goleiro", afirmou Romildo, acrescentando que "o Vanderlei (do Santos) é um dos nomes que nós estamos trabalhando sim, porém não temos confirmação do negócio ainda". O presidente disse que há negociações com outros nomes para a posição.

Ainda falando sobre contratações, o dirigente disse que tem um grande apreço pelo uruguaio Carlos Sánchez, mas "o Santos não quer liberá-lo". A busca em um atacante também foi pauta da conversa. Romildo garantiu que "buscamos um centroavante de vocação, uma característica que não temos no plantel nesse momento". Para ele, é preciso "um jogador que se posicione mais na área, temos muitos jogadores movediços". O mandatário esclareceu que, para que um atacante chegue, outro tem de sair. Abriu, assim, a possibilidade para as saídas de André e Diego Tardelli, caso cheguem propostas vantajosas para o clube e para os jogadores.